sábado, 21 de junho de 2014
Com todo gás?
O tradicional discurso anti-Sarney voltou a embalar as jovens vozes da política ribamarense nos últimos meses, mas ainda carrega boa dose de alienação.

Por Fernando Atallaia
Direto da Redação

Flávio Dino reacendeu em São José de Ribamar a velha chama do discurso anti-Sarney pelos diferentes bairros do município nos últimos meses. Nas redes sociais, os futuros postulantes a cargos eletivos revigoraram as ‘combativas’ falas que encerram palavras como Mudança e Alternância (de poder) cidade afora.

Numa leitura espacial do que seria a tal Mudança, alguns ribamarenses apostam que com Dino Governador o Maranhão seria outro. Assim como que num passe de mágica. Esquecem eles que a estrutura interna da coordenação comunista passa por sérios problemas de articulação, principalmente nos quesitos descentralização, organização e deliberação de ações e tarefas. Na esfera estadual, explique-se.

Marcio_Jerry
O coordenador comunista, Márcio Jerry: vaidade 
Nos corredores da coordenação de Flávio Dino o precipitado sentimento do ‘’já ganhou’’ vem dando as cartas e grande parte dos ‘coordenadores’ comandados por Márcio Jerry, o fiel escudeiro do comunista, se mostram insatisfeitos com o coordenador e seus muitos lapsos de autoritarismo desenfreado.

Mas Flávio Dino, apesar dos imbróglios camaradas representa ainda a alternância de poder  sendo, inclusive, desnecessário a evocação exaustiva do ‘velho’ Sarney com prosaico  furor pelos rebentos oposicionistas de São José de Ribamar naquele que é o já tão pasteurizado discurso que à época de Jackson Lago(quando também candidato ao Governo)  foi incansavelmente reavivado. Mas (como é sabido) esbarrou numa administração pedetista inepta, prostituída e decepcionante. Flávio Dino terá agora a oportunidade de destoar de Lago ainda que esteja sob a forte infantilidade que opera sobre sua coordenação. A coordenação de Jerry até aqui já se fez conhecida pela falta de visão, perspectivas de atuação e elucubrações. Está  engessada.

Flávio Dino: problemas internos na coordenação de campanha 
É dessa conjuntura de bastidores e de entrelinhas que as jovens lideranças de Ribamar devem criar consciência, aparando as arestas e negando um discurso que na prática não terá o poder de fazer de Flávio Dino um melhor ou pior governador, se por acaso seja eleito. Da mesma forma que os problemas internos que o comunista enfrenta hoje já são um prenúncio do que ele teria pela frente na hipótese de tornar-se governador: pessoas despreparadas nos direcionamentos e vaidosas ao extremo. É hora de abrir os olhos.





Já era hora

Jorge Maru, vereador do PROS, foi eleito o novo presidente da Câmara de Paço do Lumiar naquela que foi a eleição que derrubou a truculência do governo Josemar no Legislativo.


Por Fernando Atallaia

Direto da Redação


Um presidente truculento, centralizador, autoritário e alinhado ao projeto político do prefeito Josemar Sobreiro(PR) no Legislativo de Paço do Lumiar. Assim era definido por seus pares, eleitores e lacaios o ex-chefe daquele Poder Leonardo Bruno. 


Leonardo, conhecido em Paço do Lumiar, por sua atuação fria, ríspida e digna das ‘melhores’ das inércias, ainda tentou ser reconduzido à presidência da Casa bem ao estilo do prefeito. Tanto o vereador como Josemar lançam mão das antigas práticas de politicalha em ‘jogadas’ que exprimem perfeitamente a vileza  das ações de ambos.

DSCN3505
Vereadores de Paço do Lumiar comemoram vitória diante da truculência do antigo presidente do legislativo luminense: ato de reação
Dessa vez, algo deu errado. Os dias que se seguiram à convocação dos demais vereadores por uma risível portaria que conclamava à antecipação da eleição para Presidência foram sofríveis para Leonardo. Ele não imaginava que os Edis reagiriam em contraponto. ‘’Um ato de inabilidade, um erro grotesco e uma demonstração de burrice gritante’’, disse um dos vereadores que integra a nova Mesa Diretora da Câmara de Paço, hoje presidida por Jorge Maru, um luminense que já deu sinais de independência nos muitos governos corruptos da cidade que a devassaram ao longo dos últimos 15 anoscom os mais péssimos e tórridos gestores.  

O ex-presidente da Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, Leonardo Bruno: vencido pela própria prepotência
A saída de Leonardo Bruno obedeceu, em suma, aos critérios de renovação daquela Casa que caminha, atualmente, para um Legislativo  mais dinâmico, ágil e antenado com os anseios populares e com a valorização da Imprensa local. ‘’ Ele (Leonardo Bruno) nunca soube a importância e o valor da Imprensa em Paço, Josemar é Leonardo era Câmara e Leonardo poderia ser Josemar na prefeitura, é tudo a mesma coisa, são de uma ignorância e prepotência sem precedentes’’, dispara um blogueiro de Paço do Lumiar ao comemorar a derrocada do ex-presidente da Câmara de Vereadores por toda na manhã de ontem. Uma sexta-feira memorável.

N° de visitas

relogio

Facebook

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB