quinta-feira, 29 de dezembro de 2016
POESIA SEMPRE!
Leia o poema 'Perpendiculares' da obra inédita Flores ao Acaso de autoria do poeta e jornalista ribamarense Fernando Atallaia

Perpendiculares


A Simone de Beauvoir, Sandra Brea e  Amber Rayne


Entre mim e o mundo apenas um eu ao fundo

Da paisagem trépida

Rastejante

Asfixiada

Um mural de reminiscências parcas

Inexistências ao vento na sacada  


Resultado de imagem para simone de beauvoir
'Perpendiculares' é dedicado à filósofa Simone de Beuavoir.
Ela, solitária no contemplar adiante
Diante dos seus olhos a imensidão embriagante    

Alma gasosa entre os últimos paióis, esfumaçada  



Ela, rosa

Amélia, vaidosa

Antônia, cheirosa

Amanda, a louca das cidadelas solitárias

Vastidão onde as miragens dormem os homens febris, amargurados 


Resultado de imagem para sandra brea
A atriz Sandra Brea morreu de Aids em maio de 2000; ela recebe agora homenagem do poeta.
Entre mim e o mundo apenas um terço dessas e outras perplexidades
Para o segundo dos amores de lua fostes  contraído

Hoje desafiados eu, ela e o mundo andamos tácitos



O céu não me diz nada além do que sou

Eu em mim digo a ele apenas o estar oculto

Como num vulto me parece ser voz a luz da manhã



Estamos nós inscritos nos ferrolhos dos lamuriados  

Rogando ao presente um futuro que nos caiba  

Trancados à tempestade de cada enzima apunhalada pela sina da história


Resultado de imagem para Amber Rayne
Amber Rayne foi marcada em versos pela poética atallaiana:
''Ela rosa, vaidosa, cheirosa, louca   nos enche de alegria''.
Somos nós neste ano o dia que passou e não voltará daqui a qualquer hora
Somos nós reticencia avulsa no horizonte tremulante, dissipado   

Ela rosa ,  vaidosa, cheirosa, louca   nos enche de alegria

Mas até quando teremos do tempo apenas a certeza da morte

Em calmaria?




Fernando Atallaia, São José de Ribamar, Janeiro de 2009
Medida cautelar do TCU impediu antecipação de repasse

A pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Raimundo Carreiro concedeu medida cautelar, nesta quarta-feira, 28, proibindo o Governo Federal de antecipar os recursos referentes à multa de repatriação de dinheiro não declarado no exterior.
 
O Banco do Brasil só poderá efetuar a transferência do dinheiro a partir do dia 2 de janeiro de 2017, primeiro dia útil do ano.


O procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, formulou, na segunda-feira, 26, representação ao presidente do TCU pedindo o ajuizamento de medidas cautelares a fim de evitar que os recursos fossem movimentados pelos atuais gestores e serem empregados na próxima administração, mediante autorização legislativa, evitando prejuízos aos cofres públicos.

Resultado de imagem para o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Raimundo Carreiro concedeu medida cautelar
O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Raimundo Carreiro concedeu medida cautelar, nesta quarta-feira, 28, proibindo o Governo Federal de antecipar os recursos referentes à multa de repatriação de dinheiro não declarado no exterior.

O chefe do MPMA também adotou uma série de medidas, no âmbito federal e estadual, como parte da ação institucional “A cidade não pode parar: campanha pela transparência na transição municipal”.


O nosso esforço é para garantir que esses recursos sejam aplicados corretamente nos municípios maranhenses e haja uma transição transparente para a próxima gestão municipal”, afirmou o procurador-geral de justiça.


O TCU ordenou que o Banco do Brasil seja notificado da decisão e que comunique aos gerentes de agências, em prazo de 24 horas, da impossibilidade de qualquer movimentação ou pagamento às prefeituras antes da data fixada e do cumprimento, pelos gestores municipais, de formalidades previstas nas leis orçamentárias.


Veja a representação enviada ao TCU aqui


Veja aqui a decisão do TCU

Repercussão nacional: 




AS INFORMAÇÕES SÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MARANHÃO
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 

Deputado Wellington prestou contas sobre destino de suas emendas parlamentares


O deputado estadual Wellington do Curso (PP) realizou  prestação de contas sobre o destino de suas emendas parlamentares para 2017, destacando áreas importantes como saúde e educação.

" Em relação ao destino de nossas emendas parlamentares, nós priorizamos as necessidades de nosso povo e identificamos na saúde e na educação as grandes problemáticas sociais que ainda devem ser superadas. Por isso, destinamos R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais) para ações na área da saúde do Maranhão e, ainda, R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) para a educação. O nosso compromisso é com o povo e esperamos que, diferente do que aconteceu em 2016, dessa vez, as emendas sejam liberadas pelo Executivo. A saúde e a educação precisam de recursos!", afirmou Wellington.



Resultado de imagem para wellington do curso
Ao ser questionado sobre o motivo pelo qual o deputado priorizou saúde e educação, Wellington afirmou ser uma questão de "coerência social".
Ao ser questionado sobre o motivo pelo qual o deputado priorizou saúde e educação, Wellington afirmou ser uma questão de "coerência social".

 "Se é para investir, que possamos destinar recursos ao que a sociedade realmente necessita. Eu apresentei,inclusive, propostas de alteração na previsão orçamentária de 2017, já que não há lógica ver, por exemplo, que houve um aumento de mais de R$ 15 milhões na Secretaria de Comunicação enquanto que na Secretaria de Educação houve um corte de mais de R$ 65 milhões, algo incoerente com a realidade das necessidades do Maranhão. Destinei minhas emendas por coerência social, levando em consideração as necessidades da população.", disse Wellington.
Além da saúde e educação, Wellington destinou recursos à cultura, ao esporte e lazer e, ainda, à agricultura familiar. Essa não é a primeira vez em que o parlamentar prioriza a saúde e educação. Em 2015, o deputado destinou mais de R$ 3 milhões em emendas para a educação, além de emenda de valor específico destinada à Universidade Estadual do Maranhão (UEMA); secretaria de Saúde do Estado; além da cultura e infraestrutura. No entanto, os recursos não foram liberados pelo Governo do Estado para execução em 2016.


MATÉRIA ENVIADA PELA ASSESSORIA DE IMPRENSA DO DEPUTADO

Motorista de van deve assumir Secretaria de Saúde no interior do Maranhão

Lezui Mouzinho deixa de ser motorista e assume secretaria de saúde em janeiro.

A divulgação dos nomes que devem assumir as secretarias de governo da próxima gestão em Timbiras, cidade do Leste Maranhense localizada a 316km de São Luís, trouxe uma grande surpresa. O nome escolhido para comandar a saúde no município é Lezui Mouzinho. Lezui é motorista de um mocroônibus que faz linha para São Luís, pertencente à empresa 3M.

São 18 o número de membros da nova equipe que tomam posse a partir do dia primeiro de janeiro. Confira abaixo a relação:



AS INFORMAÇÕES SÃO DO JP 

EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE



Desemprego atinge 12 milhões de pessoas e tem maior taxa desde 2012

O desemprego atinge 12,1 milhões de pessoas, o que equivale a 11,9% de pessoas desocupadas no trimestre móvel encerrado em novembro. A taxa de desocupação e o contingente de pessoas são os mais altos da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), iniciada em 2012.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29) pelo IBGE e são semelhantes aos do trimestre móvel imediatamente anterior (junho a agosto), quando a taxa de desocupação fechou em 11,8%. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, foi registrada uma alta de 2,9 pontos percentuais.

Os número de desempregados teve um crescimento de 33,1% em relação ao mesmo trimestre do ano passado – o equivalente a 3 milhões de pessoas a mais em busca de trabalho. O contingente de pessoas ocupadas hoje é de 90,2 milhões.

Carteira de trabalho assinada

O número de empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada ficou estável em relação ao trimestre anterior, fechando em 34,1 milhões de pessoas. Em relação ao mesmo trimestre de 2015, houve queda de 3,7%.


Resultado de imagem para CARTEIRA DE TRABALHO
Quando comparado ao mesmo trimestre móvel do ano passado, houve um aumento de 3,5%.

Já o número de empregados no setor privado sem carteira de trabalho assinada cresceu 2,4%, e chegou a 10,5 milhões de pessoas. Quando comparado ao mesmo trimestre móvel do ano passado, houve um aumento de 3,5%. 

Empregadores e trabalhadores por conta própria

A Pnad Contínua no trimestre móvel encerrado em novembro indica ainda que os trabalhadores por conta própria são 21,9 milhões, uma queda de 1,3% frente ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo período de 2015, a queda foi de 3%.
Por outro lado, o contingente de empregadores, estimado em 4,2 milhões de pessoas, teve crescimento de 5,5% no trimestre. Em relação ao mesmo período do ano anterior, esse contingente manteve-se estável.

Tiveram retração no trimestre os setores de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e agricultura (-3,9%) e  de construção (-2,2%).
O crescimento aconteceu nos grupamentos de alojamento e alimentação (4,6%) e de outros serviços (alta de 5,7%) . Segundo o IBGE, os demais grupamentos permaneceram estáveis.

Rendimento médio

O rendimento médio real habitualmente recebido pelas pessoas ocupadas fechou o trimestre móvel encerrado em novembro em R$ 2.032, ficando estatisticamente estável frente ao trimestre de junho a agosto de 2016 (R$ 2.027) e também em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (R$ 2.041).

A única ocupação que teve queda no rendimento médio real habitual no trimestre de 2016 foi a dos trabalhadores por conta própria (-2,7%). As demais categorias não variaram. Já em relação ao mesmo trimestre de 2015, os empregadores tiveram queda no rendimento (-5,9%) e as outras categorias ficaram estáveis.

Já por grupamento de atividade, o único que apresentou variação no rendimento médio real habitual no trimestre foi o da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e agricultura, com alta de 3,5%. A estimativa permaneceu estável em todos os outros grupamentos de atividade.

AS INFORMAÇÕES SÃO DA AGÊNCIA BRASIL
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

N° de visitas

relogio

Facebook

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB