DE NOVO? DILMA SERÁ DENUNCIADA POR USAR IMÓVEL OFICIAL PARA FINS

Dilma será denunciada por usar imóvel oficial para fins eleitorais

O deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) ingressará com uma representação contra a presidente Dilma Rousseff no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na ação, o parlamentar pedirá a punição de Dilma por ter promovido uma reunião, no Palácio da Alvorada, a residência oficial da Presidência da República, com fins eleitorais.

No Facebook, Sampaio demonstrou sua indignação. “Estou em Brasília e amanhã [hoje] entrarei no TSE com uma representação para que ela seja punida, como manda a lei, por ceder o imóvel da Presidência da República, em horário de expediente, para fins particulares e eleitorais!”, disse.

''Eu não posso fazer nada improbo...poxa, de novo, mais um processo?''
Na capa de alguns jornais, como o Estado de S. Paulo e O Globo, Dilma apareceu ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do presidente nacional do PT, Rui Falcão, do ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, do publicitário João Santana e do ex-ministro da Comunicação Social Franklin Martins, na biblioteca do Alvorada, durante reunião política.
“A presidente Dilma reunida, nesta quarta à tarde, em sua residência oficial (Palácio da Alvorada), com seus coordenadores de campanha, marqueteiros e com o Lula tratando da sua reeleição!”, reagiu Sampaio.

Em seguida, o deputado acrescentou que: “Ou seja, enquanto o Brasil voltava ao trabalho, Dilma deixava sua obrigação como presidente de lado e cuidava da sua campanha, numa clara demonstração de que ela está muito mais preocupada com a sua eleição do que com os interesses do povo brasileiro”.

Na quinta-feira (6), o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) afirmou que há indícios de crime eleitoral na reunião. “É crime eleitoral”, disse o senador tucano de forma categórica.

Homem tenta filmar fantasma e descobre que esposa o trai com o filho


Após desconfiar que sua casa era alvo de atividades paranormais, um australiano resolveu esconder uma câmera na cozinha para tentar filmar possíveis eventos sobrenaturais. Entretanto, para a infelicidade do homem, tudo que conseguiu captar foi uma cena insólita: sua mulher e seu filho, enteado dela, tendo relações sexuais.

fantasmas
O fantasma era um velho conhecido da família
O caso aconteceu em outubro de 2012, mas apenas agora veio à tona. O filho do homem, de 16 anos, confessou tudo após se confrontado. A madrasta do rapaz, de 28, também confessou que pelo menos em cinco oportunidades os dois mantiveram relações sexuais.

A mulher está detida por fazer sexo com um menor de idade e sua sentença sairá em breve.

Orla marítima onde fica localizada a Praia de Banho de São José de Ribamar é alvo do descaso das secretarias de Obras, Turismo e Meio Ambiente da prefeitura municipal


Por Fernando Atallaia
Direto da Redação


Quem frequenta a Praia de Banho de São José de Ribamar, principal ponto de lazer e entretenimento  dos ribamarenses, turistas e visitantes da cidade aos fins de semana não tem do que se animar. A praia vem se transformando ao longo dos anos num depósito de lixo a céu aberto. E mais: uma paisagem escombrosa no centro da cidade. 


No dia a dia, detritos e as mais variadas formas de sujeira amontoam-se na orla onde adultos, jovens, idosos e crianças costumam se preparar para desfrutar das águas do mar,  que também apresentam índices consideráveis de dejetos que as fazem inapropriadas para o banho. 


Os barraqueiros e donos de estabelecimentos localizados na Praia reclamam do desprezo do local e culpam a prefeitura do município pelo estado de abandono pelo qual passa a Orla. 

O jovem prefeito Gil Cutrim tem o desafio de comandar pela segunda vez a terceira maior cidade maranhense (KARLOS GEROMY/OIMP/DAPRESS)
Prefeito Gil Cutrim: secretarias ineficientes, ineptas e ausentes na paisagem do maior ponto turístico da cidade
Segundo um microempresário da região, que preferiu não ser identificado, o descaso é tanto que turistas assim que chegam retornam do destino. ‘’ Quando eles veem a paisagem, com lixo e toda espécie de objetos, litros de plástico pairando sobre as águas e na boca da Orla, pegam o carro e seguem viagem, vão embora, o mau cheiro também é forte’’, explica o comerciante.



Nas redes sociais, os ribamarenses acostumados ao hábito de frequentar a Praia fazem campanha por melhorias, mas as secretarias responsáveis pelo bom funcionamento da estrutura do local não direcionam ações. ‘’ Não se vê nenhuma das secretarias responsáveis pela Praia presentes na Orla, é uma ausência total, a paisagem não atrai, é muito descaso, a sujeira grande, não tem  limpeza’’, denuncia Ana Carla, uma banhista decepcionada com a gestão do prefeito Gil Cutrim(PMDB) no município. 

Praia de Banho de São José de Ribamar: maus tratos e sujeira imperam, diariamente (fotografia/facebook Graça Rocha)

Ana tem razão. A sujeira dominante no perímetro, que seria de responsabilidade da secretaria de Obras da prefeitura, só avança. Em outro polo, políticas públicas de preservação, tratamento, acompanhamento e mapeamento da qualidade das águas que, em tese, seriam  de responsabilidade da pasta do Meio Ambiente são inexistentes, assim bem, como a fomentação do turismo é ausente para a configuração, onde a Orla é uma atração turística.
 
 ANB Online tentou essa semana, por diversas vezes, contatar os gestores das respectivas secretarias para obter esclarecimentos sobre as denúncias, mas nenhuma ligação feita por nossa equipe foi atendida. Logo após, tentamos entrar em contato com o prefeito Gil Cutrim, mas como é de praxe, os telefones sinalizavam fora de área ou desligados. A insatisfação e o descontentamento da população da cidade com o tratamento dispensado à Praia de Banho pelo Executivo municipal continuam.