O GOVERNO DA EXCLUSÃO
Governo Josemar tem uma secretaria voltada para a valorização e proteção dos jovens do município; outra para o desenvolvimento social. Ambas já receberam milhões para aplicar nos setores, mas até aqui nada foi feito. Aonde foi parar tanto dinheiro?

Por Fernando Atallaia

Editor da Agência Baluarte


Falar de governo em Paço do Lumiar é quase uma anedota pelas ruas do município. É também motivo de constrangimento e revolta por parte dos luminenses que associam a deplorável realidade da cidade ao despreparo do prefeito Josemar Sobreiro, do PR. 

Ontem(24) na fuga empreendida por assaltantes que culminou com a morte de dois criminosos uma verdade veio à tona e escancarou o desprezo que a gestão do prefeito tem por sua população, especialmente a ala jovem. Os óbitos registrados dão conta de que os bandidos eram menores de idade e moradores de Paço. 

Ivone Oliveira, mulher de Josemar e secretária de Desenvolvimento Social do município: onde foram parar os milhões que chegaram às mãos dela para o desenvolvimento social do município?
 Sem oportunizar à Juventude local políticas públicas para formação profissional, geração de Emprego e Renda, incentivo ao empreendedorismo e inserção cultural e desportiva, mesmo constando em seu organograma administrativo duas secretarias para tais finalidades, a prefeitura de Josemar já recebeu milhões para aplicar no setor. 

Na prática o dinheiro não chegou às comunidades pobres e carentes de Paço do Lumiar. Provavelmente foi destinado a outros fins. E escusos. Ano passado, denúncias de corrupção contra os secretários de Administração(Gustavo Serra)e da pasta da Mulher(Carla Sousa) de Josemar atestaram conduta improba. O Ministério Público estadual impetrou, recentemente, uma ação contra a gestão do prefeito já por outros motivos. 

Josemar com Marconi, o vice: denúncias de corrupção, Ministério Público na cola e ausência de políticas públicas para a Juventude da cidade
Apesar de todo esse emaranhado de desvios de conduta um chama especial atenção pelo teor de sua relevância. A Secretaria de Desenvolvimento Social de Paço do Lumiar que é gerida pela mulher de Josemar não tem nenhuma atuação na cidade. Consta somente no papel. 

A titular da pasta, Ivone Oliveira,  uma senhora que se diz educadora e que é a principal porta-voz do marido-prefeito não pôs em ação nada do que os milhões já recebidos poderiam conferir de benefícios aos luminenses em situação de risco social. Nas ruas de Paço do Lumiar, os munícipes perguntam: ‘’Onde foi parar tanto dinheiro?’’. Mas isso já é pauta para uma outra matéria.

Quarenta e sete condenados estão foragidos de unidades prisionais

Quarenta e sete condenados que foram beneficiados com saída temporária para a Páscoa não retornaram às suas unidades prisionais. De acordo com o site iDifusora, o prazo estabelecido era às 18h da segunda-feira (21). Os foragidos já estão sendo considerados foragidos.
Ana Maria Almeida Vieira, juíza titular da 1ª Vara de Execuções Penais da capital: mandando soltar para depois mandar prender 
Ainda segundo o iDifusora, quarenta cumprem pena no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, sendo 32 da Penitenciária, quatro do Centro de Detenção Provisória e quatro da Penitenciária São Luís II. Além desses, três presidiários são da Unidade Prisional de Ressocialização do Olho D’Água e mais dois da UPR do Monte Castelo. Os últimos dois são do Centro de Custória de Presos de Justiça. Segundo a titular da 1ª Vara de Execuções Penais da capital, juíza Ana Maria Almeida Vieira, as providências para a expedição do mandado de prisão dos presos já estão sendo tomadas.

Lei de Execuções Penais

Autorizada através de portaria conjunta assinada pelas juízas Ana Maria Almeida Vieira e Sara Fernanda Gama, respectivamente titular e auxiliar da 1ª Vara de Execuções Penais, a saída temporária da Páscoa beneficiou 230 presos de unidades prisionais da capital e teve início no último dia 15. O prazo para o retorno dos beneficiados se esgotou às 18h do dia 21.
Juíza Sara Gama
A juíza Sara Fernanda Gama: providências para a expedição do mandado de prisão dos presos?
O benefício da saída temporária tem base na Lei de Execuções Penais (artigos 122 a 125). De acordo com a LEP, “a autorização será concedida por ato motivado do juiz da execução, ouvidos o Ministério Público e a Administração Penitenciária e cumpridos os seguintes requisitos: comportamento adequado; cumprimento mínimo de um sexto da pena, se o condenado for primário, e um quarto, se reincidente; compatibilidade do benefício com os objetivos da pena”.
Minotauro virá a São Luís para prestigiar evento de MMA

São Luís vem recebendo grandes competições de MMA nos últimos anos. No dia 9 de maio, será realizado no Ginásio Castelinho o UFC São Luís. O evento terá a ilustre presença da lenda do MMA, Pride e UFC, Rodrigo Minotauro. O card principal contará com uma disputa Norte/Nordeste entre lutadores dos estados do Maranhão, Pará, Piauí e Ceará.
As disputas serão iniciadas com o confronto de jiujitsu entre Tiago Gonçalves e Carlos Cutrim. Logo depois Leonardo Belfort enfrentará Anivaldo Hulk em uma luta de Kickboxing. Somente depois os confrontos de MMA serão iniciados. Rafael medirá forças contra Reslley Israel. Depois será a vez de Altamiro e Daniel subirem ao octógono. Paixão louca será o adversário de Dudu Avatar e Michel Platini e Felipe encerrarão o card preliminar.

Já no card principal, uma luta que já foi realizada há alguns anos atrás entre duas lendas do antigo vale tudo nordestino. Diabo 'Lôro' voltará a medir forças contra Sombra. Os dois atletas querem mostrar que ainda tem condições de proporcionar um belo show aos amantes do MMA.

A lenda do esporte, Rodrigo Minotauro: ele virá a São Luís
A luta principal será entre Rogério e Ferreira pela disputa do cinturão do 1° UFC São Luís.“Será um grande evento. Reunimos grandes lutadores que proporcionarão ao público um grande espetáculo. Temos desde os mais novos adeptos do MMA quanto aos mais experientes atletas que já passaram pelos ringues em São Luís. Esperamos que tudo ocorra bem e que tenhamos grandes lutas durante o evento. Vai ser um dos melhores da capital”, declarou o organizador Antenor Everest.
Os ingressos já estão sendo vendidos por R$30,00(arquibancada), R$50,00(Cadeira) e R$100,00(área vip). Os ingressos podem ser adquiridos no Júris Concursos ( Cohama e Renascença ), Ousadia Fashion ( Centro e Rio Anil Shopp ), Nutry Sport ( Todas as Lojas ) e Academia Everest ( Angelim ).

As lutas serão realizadas em um octógono no estilo do UFC. A previsão é de Castelinho lotado para acompanhar as lutas e principalmente para conferir a presença do atleta Minotauro.

Esta será a primeira competição dessa modalidade este ano em São Luís. O ano reserva ainda mais competições para os fãs do esporte. Com o Spartan e o IFC. A competição será promovida pelo Júris Concursos.

MMA no Maranhão

Com o crescimento do UFC e consequentemente do MMA, o Maranhão também entrou na rota dos eventos deste esporte. Nos últimos cinco anos houve um grande crescimento no número de competições. Além disso, os atletas, antigamente chamados de lutadores de vale tudo, ficaram conhecidos como atletas que possuem base em pelo menos duas artes marciais, na maioria das vezes uma de ‘trocação’ e outra de ‘chão’.

Sobre MMA

O MMA é hoje o esporte que mais cresce no mundo, alavancado pelo Ultimate Fight Championship (UFC), organização essa que prioriza o desenvolvimento esportivo e o crescimento qualitativo dos lutadores em cada evento, proporcionando um espetáculo ao público muito além de uma simples luta. É o segundo evento mais visto nos Estados Unidos e já ultrapassou o basquete e perde apenas para o NFL. A marca está avaliada em 2 milhões de dólares. Em um ano, rende R$ 700 milhões e vende 84 milhões em ingresso

CARD


Thiago Gonçalves x Carlos Cutrim
Leonardo Belfort x Anivaldo Hulk
Rafael x Reslley Israel
Altamiro x Daniel
Paixão Louca x Dudu Avatar
Michel Platini x Felipe
Diabo 'Lôro' x Sombra
Rogério x Ferreira

Deputado Antônio Pereira defende a prefeita de Bom Jardim, Lidiane Rocha


O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembléia Legislativa nesta quinta-feira (24), para defender a prefeita de Bom Jardim, Lidiane Rocha, que acaba de retornar ao comando do município, por força de liminar expedida pelo Juiz José Raul Goulart Junior, suspendendo a decisão da Câmara Municipal que havia determinado seu afastamento da Prefeitura.

A reação do democrata foi motivada porque momentos antes o deputado Manoel Ribeiro (PTB) usou a tribuna da Assembléia Legislativa, para atacar a atual administração municipal de Bom Jardim, o secretário de Assuntos Políticos, Beto Rocha, e criticar a decisão do juiz, José Raul Goulart Junior, por determinando a volta da prefeita Lidiane Rocha ao comando da Prefeitura.

Prefeita lidiane
Lidiane Rocha, prefeita de Bom Jardim: denúncias e mais denúncias de corrupção contra ela, afastamento do cargo e ainda um deputado em sua defesa. Assim fica fácil, não é?
Antônio Pereira deixou claro que compreende a posição política dos vereadores de Bom Jardim, mas tem o dever de defender a administração da prefeita Lidiane Rocha, que durante sua gestão já conseguiu, com seu apoio e de Hildo Rocha, importantes obras de asfaltamento de ruas, de abastecimento d’água e a conclusão da estação rodoviária que estava parada há cinco anos.

De acordo com Antônio Pereira, a prefeita Lidiane Rocha enfrenta dificuldades para executar os benefícios que o povo precisa porque depois de perder a eleição, o ex-prefeito Roque Portela, no apagar da luzes de sua gestão, aumentou salários de forma exorbitante e efetivou cerca de 900 funcionários, aprovados e excedentes no concurso público da Prefeitura Municipal.


O deputado maranhense Antonio Pereira: defendendo os amigos de vaquejada
Para Antônio Pereira, foi um ato de extrema irresponsabilidade, porque Bom Jardim tem apenas 40 mil habitantes e o ex-prefeito Roque Portela não pagou absolutamente nenhum mês de salário aos servidores públicos, inviabilizando novos investimentos, pois as despesas da Prefeitura ultrapassaram os limites estabelecidos por meio da Lei de Responsabilidade Fiscal (54%).

“Sei que tem muita gente interessada na administração de Bom Jardim. Peço a essas pessoas que registrem as candidaturas, disputem o poder nas urnas e se coloquem à disposição da população, que precisa da ajuda para melhorar a qualidade de vida. Fiquei surpreso ao ouvir o deputado Manoel Ribeiro dizer que a decisão do juiz José Raul Goulart Junior será mudada”,disse. 

O democrata revelou que a ex-deputada e vice-prefeita Malrinete Gralhada está manipulando os ilustres vereadores para assumir o comando da Prefeitura de Bom Jardim. “A família de Malrinete Gralhada já comandou Bom Jardim por muitos anos. Ficou provado que não correspondeu aos anseios do povo. A resposta foi dada nas urnas com a eleição de Lidiane”, concluiu.

A DECISÃO DO JUIZ

Em seu despacho publicado hoje no Diário TJ/MA, o juiz José Raul Goulart Junior sentenciou: “Em análise perfunctória, tem-se que a suspensão da impetrante [Lidiane Rocha] de suas atribuições administrativas, sem o estabelecimento do contraditório e sem a oportunidade do exercício da defesa ampla, apresenta-se, em princípio, como ato anômalo e arbitrário do órgão processante”.
POESIA SEMPRE! 
Leia na íntegra o poema ''Cafajeste em Quatro Tempos'' da obra inédita Ode Triste para Amores Inacabados de autoria do poeta maranhense Fernando Atallaia 

Cafajeste em Quatro Tempos

 Para Jece Valadão e José Wilker (in memorian)


Jece Valadao e Nivaldo Pedrosa


1.  Antes de perder o chão pretendo voltar.







2. Posso não ser o mesmo, mas pretendo.







3. Acredito no amor que serei perdoado.







4. Minha alma disposta ainda pula muros.






 Fernando Atallaia, São José de Ribamar, 1997.

Postagens populares

top