JULGAMENTO DO MENSALÃO: ZÉ DIRCEU PEGA QUASE ONZE ANOS DE CADEIA

 
STF condena Dirceu a 10 anos e 10 meses de prisão por crimes no mensalão
 
Do Estadão
 
 
BRASÍLIA - O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta segunda-feira, 12, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu a 10 anos e 10 meses de prisão pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa. Com isso, Dirceu terá de iniciar o cumprimento de pena em regime fechado, o que ocorre quando a punição é superior a 8 anos.
Dirceu foi condenado a 2 anos e 11 meses por formação de quadrilha e de 7 anos e 11 meses por corrupção ativa por ter atuado na compra de apoio político no Congresso Nacional. Também foi aplicada a sanção de 260 dias-multa, o que supera os R$ 600 mil.
 
 
O relator afirmou que o ex-ministro se valeu do cargo para praticar os crimes e que sua atuação foi contrária a princípios democráticos. "Foi um crime de lesão gravíssima à democracia, que se caracteriza pelo diálogo e opiniões divergentes dos representantes eleitos pelo povo. Foi esse diálogo que o réu quis suprimir pelo pagamento de vultosas quantias em espécie a líderes e presidentes de partidos".
 
 
Barbosa afirmou que a ação de Dirceu "colocou em risco a independência dos poderes". "Restaram diminuídos e enxovalhados pilares importantíssimos de nossa sociedade", afirmou o relator.
 
 
No crime de quadrilha, todos os seis ministros que condenaram apoiaram a pena sugerida por Barbosa. No caso da corrupção ativa foram oito os ministros que comendaram e apenas dois, Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello, sugeriram punições mais baixas.

PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO (PSB)

PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL)

 

 
NOTA AO POVO RIBAMARENSE
 


                   O Partido Socialista Brasileiro (PSB 40) e o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL 50), através de suas direções municipais e lideranças da cidade de São Jose de Ribamar-MA, vem, através da presente nota e em respeito à sociedade ribamarense, externar a toda a população a sua preocupação com os fatos extremamente graves, danosos e desumanos praticados pelo prefeito reeleito Gil Cutrim e seu grupo contra a população ribamarense, senão vejamos:

01 – Os Guardas Municipais de nossa cidade tiveram seus salários reduzidos em quase 40%, a maioria dos funcionários foram atingidos pela retirada do adicional de hora extra (dobras de carga horária) que era pago pela prefeitura há mais de 03 anos. A atitude do prefeito provocou perdas que chega a 900,00(novecentos reais) nos salários dos servidores da categoria.

02 – Há mais de 06 meses o RESIDENCIAL PINTANGUEIRAS que fica localizados no bairro PIÇARREIRA está pronto para ser entregue aos sorteados do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal em São José de Ribamar-MA, mas a Caixa Econômica Federal que administra o Programa não está conseguindo entregar os apartamentos pelo fato da Prefeitura está cobrando uma taxa de 1230(um mil, duzentos e trinta reais) das famílias que foram sorteadas. Como todos sabem o Programa MINHA CASA MINHA VIDA foi criado pelo Governo Federal para realizar o sonho da casa própria das famílias de baixa renda em todo o país. Quase a totalidade das 868(oitocentas e sessenta e oito) famílias sorteadas não possuem condições de pagar a taxa cobrada pela prefeitura e, segundo a Caixa Econômica Federal, todos os prefeitos do Maranhão abriram mão e somente o prefeito de São José de Ribamar, numa atitude desumana e egoísta, não isentou os beneficiários do pagamento da taxa. A Caixa Econômica Federal informou, ainda, que caso não haja entendimento entre a prefeitura e as famílias sorteadas os imóveis poderão ser leiloados e as famílias poderão perder o direito de morar nos apartamentos e, com isso, o sonho da casa própria  se tornar uma grande frustração.

 03 – No inicio do mês de novembro dezenas de pais de famílias que trabalhavam na prefeitura foram até o Banco do Brasil para receber os seus salários e perceberam que não tinha nada na conta. Depois foram até à prefeitura perguntar o que estava acontecendo e receberam a noticia que tinham sido demitidos pelo prefeito. Todos eles são pais e mães de famílias e vestiram a camisa do prefeito e menos de um mês depois das eleições foram demitidos exatamente pelo prefeito para quem votaram pediram votos. Isso mostra que o prefeito queria apenas os votos dessas famílias e mais nada.

4 – Todas as demissões (exonerações) estão sendo realizadas sem o mínimo de transparência pelo prefeito, nenhuma delas foram publicadas no diário oficial do município como determina a lei nos casos nomeação e demissão (exonerações) de funcionários públicos.

5- Por último, para completar e relação de maldades de Gil Cutrim e seu grupo, 80 pais de famílias que trabalham na LIMPEL já receberam a carta de AVISO PRÉVIO e já estão esperando a hora da demissão.

              Esses fatos mostram que o prefeito reeleito Gil Cutrim e seu grupo não possuem respeito com o povo ribamarense e querem a prefeitura de São José de Ribamar apenas como instrumento de poder. Eles usaram da confiança do povo ribamarense apenas para consegui a reeleição e depois descartaram à própria sorte muitos pais de famílias. Talvez para o prefeito um salário mínimo não signifique nada, mas para um pai de família significa tudo, significa o direito de colocar ou não a comida na mesa para seus filhos.

              O PSB, o PSOL e suas lideranças, diante do respeito legitimidade a nós conferidas pelos eleitores nas ultimas eleições, lamentam por tudo que as famílias diretamente atingidas estão passando e aproveitam para reafirmar o seu compromisso com  o povo ribamarense.

 

São José de Ribamar, 11 de Novembro de 2012.

Arnaldo Colaço

Membro do PSB ribamarense e candidato a prefeito nas ultimas eleições

 

Gledson Pinheiro

Presidente do PSB Ribamarense

 

Adriano Santos Gonçalves

Presidente do PSOL Ribamarense

 

Ádrio Monroe Gonçalves Filho

Vice-presidente do PSOL Ribamarense.
 
 
Ações do município de Ribamar são destaque no Maranhão
 
 
Programa de Aquisição de Alimentos desenvolvido pela administração Gil Cutrim foi apresentado como experiência exitosa durante seminário promovido pelo Governo do Estado em Zé Doca e Itapecuru.  

 
As ações eficientes da administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB) voltaram a ganhar destaque no interior do Maranhão. Durante o Seminário de Sensibilização sobre o Programa de Aquisição de Alimentos, promovido pelo Governo do Estado nas cidades de Zé Doca e Itapecuru Mirim, o PAA do município de São José de Ribamar foi apresentado aos gestores que participaram dos eventos como experiência exitosa na área da agricultura familiar e aquisição de alimentos.

Informações sobre o programa ribamarense, assim como os seus resultados positivos, foram repassadas aos gestores pelo secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento de Ribamar, Pedro Oscar Pereira, que representou o prefeito Gil Cutrim.
Gil Cutrim: estendendo Gestão às demais cidades maranhenses
 
O Programa de Aquisição de Alimentos do município de São José de Ribamar foi criado com o objetivo de combater a fome e a pobreza, além de fortalecer a agricultura familiar por meio da inclusão social no campo, garantindo aos ribamarenses acesso a produtos de qualidade e a uma alimentação saudável.
 
Através dele, a Prefeitura ribamarense compra boa parte da produção dos agricultores familiares da cidade e a utiliza na preparação da merenda servida nas escolas da rede municipal de ensino, assim como nas refeições oferecidas, gratuitamente, na Cozinha Escola Municipal e nas entidades sócio-assistenciais conveniadas com o município. 
 
Só para se ter uma ideia, somente este ano a Prefeitura já adquiriu 289 toneladas de produtos variados do setor da agricultura familiar, proporcionando alimentação de qualidade aos mais diversos públicos e contribuindo também com a movimentação da economia da cidade.
 
Vale ressaltar que, atrelado ao PAA ribamarense, a administração Gil Cutrim continua executando outras ações de incentivo aos setores produtores, tais como a Feira de Safra (feira itinerante que oferece produtos com preços mais baratos) e o Caminhão do Peixe (veículo totalmente adaptado que percorre todas as regiões de São José de Ribamar oferecendo pescado variado também com preços bem abaixo dos praticados na Grande Ilha).
 
Em menos de 20 dias, o município de São José de Ribamar foi visitado por 16 prefeitos eleitos – Dr. Raimundinho (Esperantinópolis), Rocha Filho (Água Doce do Maranhão), Rafael Mesquita (Buriti de Inácia Vaz), Gleide Santana (Açailândia), Donaria Rodrigues (Serrano do Maranhão), Marcelo Torres (Godofredo Viana), Juran Carvalho (Presidente Dutra), Jailson Alves (Lima Campos), Antônio José Martins (Bequimão), Joel Dourado (Cajari), João Pequiá (Sítio Novo), Djalma de Melo (Arari), Alan Linhares (Bacabeira), Ricardo Almeida (Altamira do Maranhão), Glaydson Resende (Barão de Grajaú) e Ludmila Almeida (Brejo de Areia) – que foram conhecer o funcionamento de projetos exitosos, desenvolvidos pelo governo municipal, nas áreas da saúde, educação, agricultura familiar e geração de trabalho e renda – dentre eles o Programa de Aquisição de Alimentos.  
 
 
 
Matéria enviada por Assessoria de Imprensa da PSJR.
 
Presidenta Dilma anuncia segunda etapa da Adutora do Algodão e lançamento do Mais Irrigação
 
O abastecimento de água não será mais problema para a região de Guanambi, no Oeste da Bahia, que agora conta com uma importante obra hídrica, a Adutora do Algodão. A inauguração da primeira etapa foi feita nesta sexta-feira (09) pela presidenta Dilma Rousseff, acompanhada do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, do governador do Estado, Jaques Wagner, e do presidente da Codevasf, Elmo Vaz – que ouviu da presidenta da República elogios pela rapidez com que a Codevasf e a Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento, vinculada ao governo estadual) executaram a obra, iniciada no ano passado.
A partir do funcionamento da primeira etapa da adutora, mais de 110 mil pessoas serão beneficiadas em uma área que compreende sete municípios e quatro povoados. Durante a cerimônia de inauguração, foi anunciada pela presidenta a segunda etapa da Adutora do Algodão, orçada em R$ 55 milhões, que vai atender a mais cerca de 55 mil pessoas nas sedes municipais de Caetité e de Lagoa Real e nas localidades rurais de Morrinhos, Maniaçu e Ibitira.
“Para nós agora, chegou a hora de resolver o problema da água de forma a garantir que as mulheres, os homens e as crianças possam tomar café da manhã, tomar banho, ter uma água saudável. Nós também queremos, e é por isso que na próxima terça-feira vamos lançar um programa de irrigação, usar a água para aumentar a produção de alimentos. Queremos que a Bahia use todo seu potencial para produzir e criar gado. Por isso, eu venho aqui. Esta é uma obra simbólica, e é simbólica porque é com obras assim que nós vamos resolver e vamos derrotar a seca”, disse a presidenta Dilma que anuncia, assim, o lançamento do Mai