quinta-feira, 20 de março de 2014
Enfim, o Maranhão terá vagas no Sisutec‏
Pouco mais de seis meses após denunciar que o Maranhão era o único estado da federação a não oferecer nenhuma vaga para a primeira etapa do Sistema de Seleção da Educação Profissional e Tecnológica - Sisutec, o deputado Rubens Jr. (PCdoB), usou a tribuna da assembleia legislativa para trazer boas notícias para os estudantes maranhenses.



“Felizmente, na segunda edição do programa, o Maranhão foi contemplado e agora nós contaremos com 3.365 vagas de cursos técnicos profissionalizantes para a juventude maranhense'', anunciou o parlamentar.

Deputado do PCdoB fez denúncia com base em relatório do TCE
O deputado Rubens Júnior: boas notícias para os estudantes maranhenses
Rubens Jr. destacou a importância do programa. “É uma ferramenta essencial para que os jovens que prestaram o Enem, mas não foram aprovados em nenhuma faculdade, continuem estudando. E o que é melhor, com todos os custos pagos pelo governo federal.”
Em sua segunda edição, o programa vai oferecer 291.338 vagas, um aumento de 21% em relação ao ano passado. Para o Maranhão, serão destinadas 3.365 vagas para 10 campi de sete instituições em todo o estado. Na sua primeira edição em 2013, o Sisutec ofereceu em todo o país mais de 239 mil vagas para 586 instituições de ensino espalhadas nos 25 estados e DF.
 
“Não há como negar, é uma importante vitória desta importante política pública do governo federal'', completou Rubens Jr.

Matéria enviada por Assessoria de Imprensa do Deputado. 
Empossado Conselho de Cultura de Paço do Lumiar

Os novos membros do Conselho Municipal de Cultura de Paço do Lumiar foram empossados nesta quarta-feira (19) pelo prefeito Josemar Sobreiro. O Conselho tem por objetivo participar ativamente dos projetos e decisões sobre o desenvolvimento da cultura no município.

Segundo o secretário de Cultura, Esporte e Lazer do município, Fernando Muniz, foram empossados 16 membros efetivos do conselho e também 16 suplentes, para que todos tenham o mesmo valor e possam contribuir com as ações da Prefeitura. “O conselho chega neste momento para somar com as novas ideias e projetos que temos para a área. Agora trabalharemos imediatamente para aprovar o regimento interno e o nosso calendário cultural, e depois começaremos a pensar no nosso São João”, destacou o secretário.

Secretário de Cultura de Paço do Lumiar, Fernando Muniz com o prefeito Josemar Sobreiro: posse de Conselho de Cultura
 O novo conselho de Paço do Lumiar tem como principal responsabilidade trabalhar as resoluções deliberadas durante a 2ª Conferência da Cultura de Paço do Lumiar.  “Nosso município tem uma cultura riquíssima e que não tinha a sua devida valorização. Estamos empenhados em contribuir de forma positiva para o fortalecimento das manifestações culturais de Paço do Lumiar”, enfatizou o prefeito Josemar.

Os membros empossados hoje são representantes da sociedade civil e do poder público, e farão parte do conselho pelo biênio 2014-2015.  

Maria das Mercês Ribeiro foi empossada como uma das representantes da sociedade civil. Ela explica que antes o que se presenciava no município era um favorecimento político para determinados grupos, deixando outros sem oportunidades. “Espero contribuir muito com o Conselho. Em outras gestões, não víamos a devida valorização de nossa cultura, que é tão grande e rica”, disse.






Matéria enviada por Coordenação de Comunicação da prefeitura de Paço do Lumiar.
Superintendência do Incra no Maranhão
inaugura nesta sexta 21 de março, Unidade Avançada em Zé Doca

Será inaugurada na manhã desta sexta-feira (21de março) a Unidade Avançada de Zé Doca, cidade situada a 300 km de São Luís. O Superintendente do Incra no Maranhão, José Inácio  Rodrigues vai participar da inauguração que deve reunir representantes de diversas cidades da região do Alto Turi/Gurupi


José Inácio Rodrigues considera a inauguração da Unidade Avançada de Zé Doca um realização que vai aproximar ainda mais ações do Incra dos trabalhadores rurais daquele região. A Unidade Avançada de Zé Doca foi criada através da portaria nº 667 e é resultado de estudos, levantamentos e relatório final apresentados por um Grupo de Trabalho instituído pelo Incra e aprovados para a instalação da Unidade.

Zé Inácio, superintendente do Incra/MA: Unidade Avançada para Zé Doca
O superintendente do Incra no Maranhão acrescenta ainda que criação da Unidade em Zé Doca veio em razão da região do Alto Turi/Gurupi ter atualmente a maior concentração de assentamentos do Maranhão e grande número de terras públicas da União para serem regularizadas.


A cidade de Zé Doca fica localizada no Território da Cidadania Alto Turi/Gurupi, composto por 18 municípios e com uma população de aproximadamente 290 mil habitantes, dos quais 113 mil vivem na zona rural. O Território possui 11.210 agricultores familiares, 141 projetos de assentamentos com cerca de 14,6 mil famílias assentadas e duas áreas indígenas.

Estrutura


A Unidade do Incra/MA em Zé Doca, além de possuir estrutura para as ações de reforma agrária na Região, terá espaços para funcionamento de um Escritório do Programa Terra Legal e para instalação do Colegiado Territorial do Alto Turi/Gurupi, que é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Além dos novos equipamentos, a Unidade receberá ainda vários materiais (computadores de mesa e portáteis, viaturas, GPS, móveis de escritório, etc) e a servidores das Unidades de Bacabal e Pindaré - já extintas. 




Matéria enviada por Assessoria de Comunicação do Incra/MA. 


Gil Cutrim agradeceu trabalho de Flávio Dino por São José de Ribamar

O prefeito Gil Cutrim, de São José de Ribamar, foi mais um a reconhecer o espírito público com que Flávio Dino apoiou municípios maranhenses durante sua vida pública. Em contato com a Rádio Capital, Gil Cutrim agradeceu ao ex-deputado federal pelas emendas enviadas ao município em 2009 e que estão sendo executadas pela prefeitura.
 
“A verdade tem que ser dita. O Flávio (Dino) em 2009, se não me falha a memória, ele enviou emenda onde nós estamos executando a Praça da Juventude e também uma outra praça no Jardim Araçagy” – foi o que disse Gil Cutrim após ser questionado pelo radialista Renato Sousa Júnior sobre emendas parlamentares destinadas por Flávio Dino ao município.

http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto
Prefeito Gil Cutrim reconheceu o trabalho de Flávio Dino por São José de Ribamar e agradeceu pelas emendas destinadas pelo então deputado ao município
O prefeito, que foi vice de Luís Fernando durante 3 anos na gestão de São José de Ribamar, ainda agradeceu o apoio dado pelo então deputado federal ao município. Gil Cutrim afirmou que não se deve misturar política partidária com políticas públicas.

“As emendas efetivamente chegaram em São José de Ribamar. Estão sendo aplicadas e nós agradecemos e o mais que ele mandar para São José de Ribamar será bem-vindo. Não se pode confundir política partidária com políticas públicas,” disse o prefeito.

Na verdade, o contato de Gil Cutrim com a rádio aconteceu após ouvintes reclamarem do desprestígio de São Luís nas ações do secretário de Infraestrutura, Luís Fernando, que é também pré-candidato a governo apoiado pelo grupo Sarney. Outro ouvinte entrou em contato para dizer que Flávio Dino também teria desprestigiado São José de Ribamar.

Mas, com a pergunta do radialista sobre o apoio do ex-deputado ao município, o prefeito acabou agradecendo e admitindo o bom trabalho de Flávio Dino.
Delegada é encontrada morta em sua própria residência na cidade de Lago da Pedra
 
 O Imparcial
 

A delegada da cidade de Lago da Pedra, Diones Marilda Meireles, foi encontrada morta em sua própria residência, na tarde desta quinta-feira (20/03). 
 
Diones Marilda era delegada titular da delegacia de Lago da Pedra (REPRODUÇÃO FACEBOOK)
Diones Marilda era delegada titular da delegacia de Lago da Pedra
Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP), a delegada estava em processo de aposentadoria e no momento estava sozinha na hora do ocorrido, quando foi á geladeira e pegou no congelador, recebeu uma descarga elétrica e teve morte imediata. Diones Marilda foi encontrada pelos próprios familiares.

A polícia já está no local e aguardam a perícia, para o corpo ser transferido para o Instituto Médico Legal de São Luís e fazerem os exames para descobrirem de fato qual a verdadeira causa da morte.
 
O delegado títular da delegacia de Lago da Pedra, Lúcio Rogério Nascimento, já está investigando o caso.

Assaltos ocorreram próximo à Prefeitura Municipal e Secretaria de Administração 



Por Fernando Atallaia

Direto da Redação



Nem mesmo os prédios da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Administração da PSJR se livraram na tarde de hoje (20) da onda de assaltos que vem aterrorizando a cidade balneária. 

Igreja de São José de Ribamar
Igreja de São José de Ribamar: por todo esse perímetro a onda de assaltos vem sendo cada vez mais frequente
Segundo informações, um fornecedor que fazia a entrega de material à pasta de Planejamento da Prefeitura foi assaltado quase no mesmo momento em que uma funcionária do Governo municipal foi também surpreendida pela ação de meliantes que atuam com frequência naquele local. O assalto ocorreu às portas da prefeitura. 
Monumento a São José de Ribamar: de ponto turístico a ponto de assaltos
 Os pontos de maior perigo e incidência de assaltos à mão armada na Sede de Ribamar, segundo apurou ANB Online, são a Concha Acústica, o Bolo e a Orla Marítima. Agora, com as secretarias no planejamento dos criminosos, as ações, conforme apontam os ribamarenses, podem se arrastar às demais pastas do Executivo.  

Será se diante da ousadia dos bandidos, o prefeito ainda assim, continuará a fechar os olhos? É o que perguntam os cidadãos de bem da cidade.



Comunidade não suporta mais as promessas do Governo Municipal diante das muitas calamidades pelas quais vem passando


Por Fernando Atallaia

Direto da Redação


O bairro Araçagi ameaça desde semana passada parar as atividades e interditar as principais vias e ruas da localidade, incluindo avenidas de acesso a capital do estado. 


Informações chegadas à redação da Agência de Notícias Baluarte dão conta de que na tarde de hoje (20) a comissão organizadora dos protestos se reunira com o secretário de Saúde da prefeitura municipal, Rodrigo Valente, a convite do titular da pasta. A intenção do Governo é evitar as manifestações.
O secretário de Saúde da Prefeitura Rodrigo Valente: enquanto ele toma para si a função de  Pedro Oscar, secretário de Governo, a saúde do município fica a vê navios
O Araçagi é um dos bairros limítrofes mais populosos do município formando com a Vila Tamer, Parque Araçagi, Jardim Araçagi e mais uma dezena de comunidades um conglomerado habitacional que perpassa a marca dos mais de 30 mil ribamarenses que ali residem.


Enfrentando problemas diários como falta de água e iluminação pública; aumento da violência e insegurança; falta de escolas públicas e ausência de uma rede própria de saúde, dentre muitos outros, a comunidade tem na sua infraestrutura esfacelada sua maior indignação. 

Com dezenas de ruas a serem pavimentadas e outras a serem recuperadas, o Araçagi ameaça parar nos próximos dias se,  porventura, o Governo municipal, que tem à frente o prefeito peemedebista Gil Cutrim, não apresentar soluções concretas e palpáveis à sua dura realidade.


Enquanto a paralisação não acontece, o Executivo de Ribamar envia para as negociações o secretário de Saúde da Prefeitura no lugar do secretário de Governo. Uma, dentre as muitas inversões do governo Gil Cutrim no trato com a coisa pública. Agora é aguardar os desdobramentos.

ESPAÇO DA CRÍTICA

Tentente-Coronel Furtado analisa o poema ''Metafísica em Angelina Crow'' de autoria do poeta Fernando Atallaia

Por Tenente-Coronel Furtado


‘’Se levarmos em consideração o significado da palavra metafísica, que se origina do grego, logo teremos “além da natureza” ou “além da física”, assim já estaria cristalinamente entendido o significado deste poema. Entretanto, como ramo da filosofia, em sua concepção clássica como realidade transcendente que só pode ser descoberta pelas luzes da razão, somos  levados a pensar que a metafísica é tão sofisticada que não possui qualquer relação com a vida. 

É uma crença falsa, embora os estudos da metafísica sejam realmente complexos e sofisticados, em realidade são pilares de todo o conhecimento.

Um dos maiores filósofos do século XX, Richard Taylor, disse que “cada um tem sua filosofia e todos os homens tem opiniões metafísicas, mas que raros são os homens que possuem qualquer concepção de filosofia e ainda menos os que tem qualquer noção de metafísica”, para mim é meio paradoxal; mas essa era a sua sustentação. 


William James (foi considerado por muitos o homem mais inteligente do mundo - a título de comparação, em geral, as pessoas possuem Q.I. em torno de 100, as que possuem 140 são consideradas gênios e o Q.I. estimado de William, era entre 250 e 300). Ele definiu a metafísica como "apenas um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza". 

Já a escritora Gabriela E. Possolli Vesce argumenta que “a metafísica se ocupa em estudar a essência do mundo, podendo ser definida como o estudo do ser ou da realidade e se destina a buscar respostas para perguntas complexas como: O que é realidade? O que é a vida? O que é natural? O que é sobrenatural? O que nos faz essencialmente humanos?”
Mas enfim, pensar metafisicamente é pensar, sem arbitrariedade nem dogmatismo. 

O que Fernando Atallaia traz para os leitores em METAFÍSICA EM ANGELINA CROW é estimular os pensantes a uma reflexão, é fazer paralelos, é brincar com a inteligência e com a arte, é descrever a sedução, a sensualidade e o sexo com profunda malícia saudável’’.


Parabéns poeta.


Tenente-Coronel Furtado é mestrando em Governo e Gerência Pública(Universidade Americana); Pós-graduado em Aperf. de Oficiais (PA), Sup. de Polícia (PA) e Esp. em Gestão Est. em Def. Social (UFPA); Bel em Form. de Oficiais (MG), Lic. em História (UFMA), Bel em Direito (UNICEUMA); Atualmente Chefe do EM do CPA-I/5; ex-Subdir. de Ensino da PMMA; Chefiou o EM do CPA-I/3 e 4, CPR/1, e CPM; Comandou o 10º BPM, APMGD e 9° BPM; Juiz do Cons. Perm. da Just. Mil. do MA; Dir. de Fisc. da Sec. de Meio Ambiente do MA; Assist. Mil. Esp. do Gab. Mil. do Gov. do MA; Observador Policial de Direitos Humanos da ONU em Guatemala; Cons. de Meio Ambiente e Rec. Hídricos do MA; Int. da Comissão de Educação Ambiental do MA; Sócio da Associação dos Magistrados das Justiças Militares Estaduais e Associação dos Magistrados Internacionais. Cursos em diversas áreas, participou de Seminários, Congressos, Fóruns e Conferências Internacionais, Nacionais e Estaduais. Recebeu várias Menções Elogiosas, Reconhecimentos, Diplomas, Certificados, Moções, Medalhas, Troféus e Placas de entidades municipais, estaduais, nacionais e internacionais. Autor da Canção do CFAP (PMMA). Cidadão São-Bentuense e Cantanhedense(MA).




Leia o poema na íntegra, aqui: 

http://agenciadenoticiasbaluarte.blogspot.com.br/2012/04/literatura-brasileirafernando-atallaia_17.html


Ministério Público tenta, de novo, por Marcola no RDD

Entrevista com o líder do PCC, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, ao jornal O Globo.

''Estamos todos no inferno. Não há solução, pois não conhecemos nem o problema''

O GLOBO: Você é do PCC?

- Mais que isso, eu sou um sinal de novos tempos. Eu era pobre e invisível… vocês nunca me olharam durante décadas… E antigamente era mole resolver o problema da miséria… O diagnóstico era óbvio: migração rural, desnível de renda, poucas favelas, ralas periferias… A solução é que nunca vinha… Que fizeram? Nada. O governo federal alguma vez alocou uma verba para nós? Nós só aparecíamos nos desabamentos no morro ou nas músicas românticas sobre a “beleza dos morros ao amanhecer”, essas coisas… Agora, estamos ricos com a multinacional do pó. E vocês estão morrendo de medo… Nós somos o início tardio de vossa consciência social… Viu? Sou culto… Leio Dante na prisão…

O GLOBO: – Mas… a solução seria…

- Solução? Não há mais solução, cara… A própria idéia de “solução” já é um erro. Já olhou o tamanho das 560 favelas do Rio? Já andou de helicóptero por cima da periferia de São Paulo? Solução como? Só viria com muitos bilhões de dólares gastos organizadamente, com um governante de alto nível, uma imensa vontade política, crescimento econômico, revolução na educação, urbanização geral; e tudo teria de ser sob a batuta quase que de uma “tirania esclarecida”, que pulasse por cima da paralisia burocrática secular, que passasse por cima do Legislativo cúmplice (Ou você acha que os 287 sanguessugas vão agir? Se bobear, vão roubar até o PCC…) e do Judiciário, que impede punições. Teria de haver uma reforma radical do processo penal do país, teria de haver comunicação e inteligência entre polícias municipais, estaduais e federais (nós fazemos até conference calls entre presídios…). E tudo isso custaria bilhões de dólares e implicaria numa mudança psicossocial profunda na estrutura política do país. Ou seja: é impossível. Não há solução.

O GLOBO: – Você não têm medo de morrer?

- Vocês é que têm medo de morrer, eu não. Aliás, aqui na cadeia vocês não podem entrar e me matar… mas eu posso mandar matar vocês lá fora…. Nós somos homens-bomba. Na favela tem cem mil homens-bomba… Estamos no centro do Insolúvel, mesmo… Vocês no bem e eu no mal e, no meio, a fronteira da morte, a única fronteira. Já somos uma outra espécie, já somos outros bichos, diferentes de vocês. A morte para vocês é um drama cristão numa cama, no ataque do coração… A morte para nós é o presunto diário, desovado numa vala… Vocês intelectuais não falavam em luta de classes, em “seja marginal, seja herói”? Pois é: chegamos, somos nós! Ha, ha… Vocês nunca esperavam esses guerreiros do pó, né? Eu sou inteligente. Eu leio, li 3.000 livros e leio Dante… mas meus soldados todos são estranhas anomalias do desenvolvimento torto desse país. Não há mais proletários, ou infelizes ou explorados. Há uma terceira coisa crescendo aí fora, cultivado na lama, se educando no absoluto analfabetismo, se diplomando nas cadeias, como um monstro Alien escondido nas brechas da cidade. Já surgiu uma nova linguagem.Vocês não ouvem as gravações feitas “com autorização da Justiça”? Pois é. É outra língua. Estamos diante de uma espécie de pós-miséria. Isso. A pós-miséria gera uma nova cultura assassina, ajudada pela tecnologia, satélites, celulares, internet, armas modernas. É a merda com chips, com megabytes. Meus comandados são uma mutação da espécie social, são fungos de um grande erro sujo.

O GLOBO: – O que mudou nas periferias?

- Grana. A gente hoje tem. Você acha que quem tem US$40 milhões como o Beira-Mar não manda? Com 40 milhões a prisão é um hotel, um escritório… Qual a polícia que vai queimar essa mina de ouro, tá ligado? Nós somos uma empresa moderna, rica. Se funcionário vacila, é despedido e jogado no “microondas”… ha, ha… Vocês são o Estado quebrado, dominado por incompetentes. Nós temos métodos ágeis de gestão. Vocês são lentos e burocráticos. Nós lutamos em terreno próprio. Vocês, em terra estranha. Nós não tememos a morte. Vocês morrem de medo. Nós somos bem armados. Vocês vão de três-oitão. Nós estamos no ataque. Vocês, na defesa. Vocês têm mania de humanismo. Nós somos cruéis, sem piedade. Vocês nos transformam em superstars do crime. Nós fazemos vocês de palhaços. Nós somos ajudados pela população das favelas, por medo ou por amor. Vocês são odiados. Vocês são regionais, provincianos. Nossas armas e produto vêm de fora, somos globais. Nós não esquecemos de vocês, são nossos fregueses. Vocês nos esquecem assim que passa o surto de violência.

O GLOBO: – Mas o que devemos fazer?
- Vou dar um toque, mesmo contra mim. Peguem os barões do pó! Tem deputado, senador, tem generais, tem até ex-presidentes do Paraguai nas paradas de cocaína e armas. Mas quem vai fazer isso? O Exército? Com que grana? Não tem dinheiro nem para o rancho dos recrutas… O país está quebrado, sustentando um Estado morto a juros de 20% ao ano, e o Lula ainda aumenta os gastos públicos, empregando 40 mil picaretas. O Exército vai lutar contra o PCC e o CV? Estou lendo o Klausewitz, “Sobre a guerra”. Não há perspectiva de êxito… Nós somos formigas devoradoras, escondidas nas brechas… A gente já tem até foguete anti-tanques… Se bobear, vão rolar uns Stingers aí… Pra acabar com a gente, só jogando bomba atômica nas favelas… Aliás, a gente acaba arranjando também “umazinha”, daquelas bombas sujas mesmo. Já pensou? Ipanema radioativa?

O GLOBO: – Mas… não haveria solução?
- Vocês só podem chegar a algum sucesso se desistirem de defender a “normalidade”. Não há mais normalidade alguma. Vocês precisam fazer uma autocrítica da própria incompetência. Mas vou ser franco…na boa… na moral… Estamos todos no centro do Insolúvel. Só que nós vivemos dele e vocês… não têm saída. Só a merda. E nós já trabalhamos dentro dela. Olha aqui, mano, não há solução. Sabem por quê? Porque vocês não entendem nem a extensão do problema. Como escreveu o divino Dante: “Lasciate ogna speranza voi cheentrate!” Percam todas as esperanças. Estamos todos no inferno.

N° de visitas

relogio

Facebook

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB