quinta-feira, 25 de junho de 2015

Ex diz ter envenenado comida, homem corre desesperado para o Hospital e descobre que era mentira

homem-mg
No entanto, não foi encontrado nenhum indício de que a vítima havia sido envenenada.
Um homem de 33 anos viveu momentos de desespero na última quarta-feira (24) ao ser enganado por sua ex-mulher, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. Felipe Anastácio Grama contou à Polícia Militar que estava na casa de Sabrine da Silva Alves, de 24 anos, quando ela lhe ofereceu um lanche.
A jovem esperou a vítima terminar a refeição e afirmou que tinha colocado veneno de rato no prato. A suspeita ainda mostrou um saquinho transparente contendo um pó cinza, que seria a substância utilizada, e disse que o ex tinha três horas de vida.
Desnorteado, Grama saiu do local e foi até o Hospital de Pronto-Socorro da cidade. Lá, ele relatou o ocorrido, foi medicado e encaminhado à enfermaria, onde passou por procedimentos de desintoxicação. No entanto, não foi encontrado nenhum indício de que a vítima havia sido envenenada.
Fonte: R7

FALTA DE INFRAESTRUTURA PREJUDICA MORADORES DE SÃO JOSE DE RIBAMAR

Os bairros do município encontram-se em situação caótica. Não há coleta de lixo, esgoto nem pavimentação.



O Imparcial 

Falta de infraestrutura incomoda moradores de alguns bairros do município de São José de Ribamar. Segundo relataram alguns moradores, não há coleta de lixo, esgoto tratado nem pavimentação. A reportagem, então, esteve em algumas comunidades como Alto Turu I, Alto do Turu e Jardim Turu, e constatou este e demais problemas. No Jardim Turu, na Avenida Nossa Senhora da Vitória, os buracos estão por todos os lados da via.

O mototaxista Elivelton da Silva Maia reclamou que nunca teve nenhuma melhoria no Jardim Turu, local que ele mora há mais de 10 anos. De acordo com Maia, o fornecimento de água não é regular e a coleta de lixo, apesar de ser em dias alternados, mesmo assim não atende à demanda.

“A água passa de 10 a 20 dias sem pingar nas torneiras. Não consigo contabilizar os prejuízos que já foram causados em minha moto por conta da buraqueira. Durante a noite não podemos trabalhar, pois há muito assalto, é lamentável esta situação”, disse. Elivelton contou que já interditaram a Avenida três vezes, contudo nada é resolvido pelas autoridades competentes e a população sofrendo.

No Alto Turu I existem ruas que estão totalmente tomadas pelo mato. Existe um lixão no meio da rua, não há asfalto, só piçarra. Em outras vias, carros não conseguem ter acesso, pois há valas. A vendedora Katiane Ribeiro disse que são muitos os problemas enfrentados diariamente pelos moradores do Alto Turu I, segundo ela na comunidade os proprietários das casas decidiram limpar e arrumar as ruas com seus próprios esforços.

Outro alvo de reclamação é o número alto de crianças fora da escola, por não haver unidades para atender às crianças daquela região. “A escola que existe não consegue atender todas as crianças que moram aqui e nem as dos bairros vizinhos, quem tem condição paga uma escola particular, quem não tem, o filho fica fora da escola”, relatou.
No Miritiua, os moradores reclamam do esgoto que estar á ceu aberto, incomodando principalmente nos dias de chuvas quando alaga tudo.

Coleta de lixo


De acordo com as informações da prefeitura de São José de Ribamar, a coleta de resíduos sólidos nos bairros citados na matéria é feita três vezes por semana. Apenas quando ocorre algum tipo de interrupção, que geralmente acontece devido a problemas operacionais da empresa que presta o serviço. A prefeitura afirmou que esta semana, não teve informações de que houve nenhum tipo de paralisação.

Quanto a infraestrutura das vias dos bairros todas serão recuperadas. A prefeitura já tem pronto um plano de recuperação e melhoramento de toda a malha viária da cidade. Esse trabalho terá início muito em breve, tão logo passe, em definitivo, o período chuvoso.
Ainda de acordo com a prefeitura é importante destacar que o serviço de recuperação da malha viária do município contará com o apoio do Governo do Estado.

Prefeitura continua, ainda, tentando liberar, junto ao governo estadual, recursos de vários convênios firmados ano passado com a então administração estadual. Estes recursos serão utilizados para dar continuidade a várias obras de asfaltamento em bairros de diversas regiões da cidade.

Odebrecht Ambiental


A empresa informou através de nota que desde que assumiu os a concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário nos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar têm trabalhado para melhor atender a população dos respectivos municípios.

Nota Legal é aprovado por unanimidade na Assembleia

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, nesta quinta-feira, 25, o Projeto de Lei nº 129/15, de autoria do Governo do Estado, que institui o Programa de Estímulo à Cidadania Tributária do Estado do Maranhão – “Nota legal”. A proposta leva aos cidadãos benefícios de créditos financeiros, que poderão ser utilizados para abatimento do IPVA, recarga de celular e ingressos para eventos esportivos e artísticos.

 Aprovado por unanimidade, o Programa “Nota Legal” é uma iniciativa que visa dar ao cidadão créditos financeiros correspondentes a 2% e 3% do valor da operação realizada, destacada na nota fiscal, estimulando os consumidores a solicitar a entrega do documento fiscal no momento da aquisição de mercadoria ou prestação de serviço.
Resultado de imagem para SERGIO FROTA DEPUTADO
O deputado Sérgio Frota foi o relator do Projeto que institui a 'Nota Legal' 
Para o relator do projeto, deputado Sérgio Frota, essa iniciativa vai beneficiar a cidadania fiscal e tributária e combaterá a sonegação fiscal, e a população também terá uma série de vantagens ao solicitar a nota fiscal. “É importante que o Governo tenha um aumento de arrecadação, que combata a sonegação para investir nas políticas públicas em áreas como saúde, segurança, educação e infraestrutura”, explicou Frota.
O Projeto de Lei prevê que o montante correspondente a 2% do valor do ICMS da operação própria, destacado da nota fiscal, será atribuído exclusivamente aos adquirentes de mercadorias, bens e serviços de transporte interestadual e intermunicipal. Já os 3% serão concedidos aos compradores de mercadorias em comércio varejista de gêneros alimentícios, autopeças e restaurantes.
Os consumidores poderão usar os créditos para abater até 50% do valor do IPVA, realizar recargas de aparelhos de telefonia celular pré-pago, a partir de R$5 reais ou trocar por ingressos dos jogos do Sampaio Corrêa na Série B do Campeonato Brasileiro e do Imperatriz na Série D.
 O deputado destacou também que o “Nota Legal” terá um caráter de apoio a algumas áreas que carecem de políticas mais efetivas. “O programa vai melhorar a arrecadação do Estado, possibilitando uma educação fiscal abrangente. E através da compra de ingressos para o futebol, cinema e outras atividades culturais, vamos difundir mais essas áreas que precisam de constante apoio do Poder Público”, ressaltou Frota.
PREFEITURA DE RIBAMAR NÃO TEM DINHEIRO PARA SAÚDE, MAS PARA CONTRATAR EMPRESA DE SONORIZAÇÃO POR 3, 7 MILHÕES TEM...

A prefeitura de São José de Ribamar aditivou o contrato com a empresa Núcleo Arquiteturas e Eventos LTDA, de sonorização e iluminação pela bagatela de R$ 3.694.500,00 em um contrato de um ano. A empresa fatura, assim, R$307.875,00, em média, por mês.

Resultado de imagem para GIL CUTRIM
O prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim tem ojeriza ao silêncio 
O contrato é com a secretaria municipal de Turismo e Cultura assinado em 29 de maio deste ano. A empresa realiza os serviços de palco, equipamentos, sonorização e iluminação nos eventos como carnaval, São João e Lava Pratos.

Haja sonorização!



As informações são do Blog do André 
Ex-prefeito de Viana, Rilva Luis é condenado por improbidade administrativa
O Ministério Público Estadual (MPE) apontou irregularidades na prestação de contas do município referente ao exercício financeiro de 2007, resultantes da falta e dispensa de licitação na compra de bens e prestação de serviços.
Os desembargadores da 2ª Câmara Cível do TJMA mantiveram sentença que condenou o ex-prefeito de Viana, Rivalmar Luis Gonçalves Moraes, ao pagamento de R$ 450 mil por ato de improbidade administrativa, além da suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público, ambos pelo prazo de cinco anos. Cabe recurso da decisão.

A condenação foi do juízo da comarca de Viana, em ação civil proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE), que apontou irregularidades na prestação de contas do município referente ao exercício financeiro de 2007, resultantes da falta e dispensa de licitação na compra de bens e prestação de serviços.

Resultado de imagem para RILVA LUIS VIANA
MÃO PESADA Rilva não suavizou a mão e foi condenado pelo Tribunal de Justiça 
O ex-gestor recorreu da condenação, pedindo a extinção do processo, argumentando que os prefeitos estão submetidos ao regime da lei de improbidade administrativa. Afirmou ainda que todos os procedimentos licitatórios foram realizados e que não foi demonstrado o ato ímprobo e a intenção (dolo) ou culpa em sua conduta, inexistindo dano ao erário, mas apenas irregularidades, já que não haveria provas de desvio de verba ou favorecimento próprio ou de terceiros.
O relator, desembargador Marcelo Carvalho Silva, entendeu que não caberia qualquer reforma na sentença original, rejeitando os argumentos de não aplicabilidade da lei de improbidade, entendimento que já é pacífico na jurisprudência. “Isentar os prefeitos municipais da ação de improbidade administrativa seria um desastre para a Administração Pública, mormente se considerado que o Brasil é um país onde a corrupção e a apropriação de dinheiro público causam tantos danos morais e materiais à sua sociedade”, pontuou.

Ele concluiu pela clara existência de “ilegalidade e imoralidade” nas contratações de diversas empresas para o fornecimento de bens e serviços, por livre escolha do administrador, em vistas grossas aos devidos processos licitatórios.

Para ele, tais atos demonstraram o nítido propósito do gestor em lesar o erário municipal e agir em desacordo com os princípios da administração pública. “As provas constantes dos autos são robustas e demonstram a má-fé e a desonestidade, requisitos essenciais à configuração do ato de improbidade”, avaliou.

As informações são do TJ/MA
Marcelo Portela pediu reparos em caráter de urgência em canteiros das avenidas 09 e 11 do Conjunto Maiobão

O vereador Marcelo Portela fez um pronunciamento esta semana na Câmara de Vereadores para falar sobre a obra do canteiro central das avenidas 09 e 11 do Conjunto Maiobão. Durante o discurso, o vereador ressaltou que estes canteiros, além de muito altos, deixaram sem acessos várias ruas transversais à avenida, fazendo com que os moradores tenham que se deslocar para fazer retornos e assim chegarem a locais que antes eram mais próximos.

Além do problema do acesso às ruas que ligam as avenidas, o vereador também destacou a questão da acessibilidade para idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais.


Resultado de imagem para marcelo portela vereador
PRIORIZANDO A INFRAESTRUTURA O vereador Marcelo Portela: reparos em caráter de urgência em canteiros das avenidas 09 e 11 do Conjunto Maiobão
Na oportunidade, Marcelo Portela relatou que ele mesmo presenciou um cadeirante  passando por uma dificuldade ao tentar se locomover pela avenida 09. “Já me deparei com idosos e cadeirantes tentando atravessar o canteiro e passando por dificuldades terríveis, as vezes tendo que seguir até o retorno, que é deveras distante para poder atravessar”, disse Portela.

Marcelo Portela pediu que a prefeitura de Paço do Lumiar faça os devidos reparos nos canteiros centrais dessas avenidas para que o morador se sinta  seguro ao atravessar;  tenha acesso a ruas e avenidas próximas de onde mora e o mais importante, que garanta acessibilidade a todos.

“É necessário que todos aqueles que têm mobilidade reduzida possam ter facilidade ao se deslocar. Peço que a prefeitura envie uma equipe técnica para avaliar o canteiro e fazer o devido reparo”, cobrou ele.

Da Ascom do vereador

Com revisão e edição da Agência Baluarte 

N° de visitas

relogio

Facebook

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB