sexta-feira, 19 de agosto de 2016
Evento acontece hoje, mas desde a manhã de ontem expectativa em torno da atividade de campanha ganhou destaque cidade afora.

POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO

A velha máxima de que um rei deve ser amado por seu povo  pode ser aplicada perfeitamente bem ao ex-prefeito de São José de Ribamar e candidato ao Executivo municipal nestas eleições, Luis Fernando Silva, do PSDB.

E para exemplificar esta constatação foi só a coordenação de campanha do candidato anunciar que o primeiro grande comício do tucano será realizado neste sábado(20), que os ribamarenses em massa começaram a comemorar. O fato é que cada gesto, ato ou ação de Luis Fernando na cidade são interpretados como motivo de festa. Ele é literalmente querido pelos ribamarenses. Da região das Vilas à Sede. 

Resultado de imagem para luis fernando silva
O tucano Luis Fernando realiza hoje o primeiro grande comicío da campanha; ribamarenses começaram a festejar desde o dia de ontem.
Demonstrações de carinho despretensiosas e espontâneas, a população local vê em Luis Fernando a esperança de São José de Ribamar voltar a ser referencia administrativa no estado.  E mais: enxerga próxima a reconstrução da cidade, principal bandeira de campanha do tucano que já vem sendo parafraseada pelos demais candidatos da Grande Ilha. 
 
O sentimento é este:  de reconstrução, confiança e esperança num futuro que já deveria ter chegado a São José de Ribamar, não fossem os últimos seis anos de hiato que o município sofreu por conta de uma gestão invisível, inoperante e indiferente. O comício de amanhã marca o inicio de uma nova era.

Para os ribamarenses e para a cidade.

SERVIÇO

O que: Primeiro grande comício do candidato Luis Fernando em São José de Ribamar.

Local: Praça do Cruzeiro.

Inicio: 19h.


Moradores de São José de Ribamar promovem acirrada campanha  pelas ruas da cidade e redes sociais contra vereadores que concorrem à reeleição.


POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO



Desde ontem (18), teve inicio nas redes sociais uma ampla  e consistente campanha contra a reeleição de 16 dos 17 vereadores de São José de Ribamar. Nos últimos quatro anos nenhum dos parlamentares protocolou uma ação sequer contra a atual gestão do município acusada por inúmeras vezes de improbidade e corrupção. Esta e outras alegações puseram em xeque a atuação conivente, oportunista e patrimonialista de 16 dos 17 vereadores da atual legislatura.



Nas ruas dos bairros do município, a campanha grassa a passos largos. Eleitos para fiscalizar o Executivo municipal representado hoje pelo governo do pedetista Gil Cutrim, conhecido ‘carinhosamente’ em São José de Ribamar, como ‘Gil Cupim’, os parlamentares foram engolidos pela vaidade, ânsia de poder e dinheiro, e caíram no descrédito. O enriquecimento duvidoso dos 16 vereadores custa caro ao projeto de reeleição, mas ainda mais ao esboço de tragédia em que a cidade se transformou. Os ribamarenses, como já havia noticiado a Agência Baluarte, pretendem dá o troco nas urnas de outubro e não perdem tempo: expõem a conduta dos vereadores em plena campanha.  



OURO DE TOLO Vereadores de São José de Ribamar poderão pagar caro por terem pensado em enriquecimento pessoal em detrimento da cidade; ribamarenses fazem  campanha pela não reeleição de 16 deles.
No maior grupo de WhatsApp de São José de Ribamar, o RibaMarcity, que congrega ribamarenses de todos os bairros do município, o debate público em torno da questão acontece em tempo real. Muitos participantes creem que apenas dois, três vereadores de mandato conseguirão manter suas vagas na Câmara para os próximos quatros anos. Mas o que parecia ser meramente especulação já começa a dá sinais de concretude e realidade. Segundo fontes ligadas aos 16 vereadores, muitas lideranças que os apoiaram em 2012 já migraram para os candidatos que representam a chamada renovação do Legislativo.


Uma coisa é certa: o luxo sonhado e conquistado pelos parlamentares que esqueceram a cidade em prol de seus interesses pessoais, a partir de janeiro poderá transformar-se facilmente em lixo. Uma possibilidade cada vez mais presente nestas eleições. 
ONU pede ao Brasil que não reduza maioridade penal para 16 anos

O relator especial da ONU, Juan Méndez, disse que caso a proposta seja aprovada, ela irá agravar a situação que já é tensa nas prisões do país.

A ONU pediu nesta quarta-feira ao Congresso do Brasil que rejeite a proposta de reforma constitucional para reduzir a maioridade penal para 16 anos, frente aos 18 atuais, pois isso representa um atentado contra os direitos de crianças e adolescentes.

“A prisão está intrinsecamente ligada a maus-tratos de crianças, que estão em maior risco de sofrer violência, abusos e atos de tortura quando privadas de liberdade”, alertou o relator especial da ONU sobre tortura e outras formas de punição e tratamento cruel, desumano e degradante, Juan Méndez, sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) do Senado.

Resultado de imagem para JUAN MENDEZ ONU
Méndez advertiu que a redução da maioridade penal para o Brasil, uma medida que seria aplicada para crimes graves, representaria a violação das obrigações do país em relação à Convenção dos Direitos da Criança.
Méndez advertiu que a redução da maioridade penal para o Brasil, uma medida que seria aplicada para crimes graves, representaria a violação das obrigações do país em relação à Convenção dos Direitos da Criança, mesmo que os sentenciados cumprissem suas penas em instalações separadas das dos detentos adultos.

Méndez afirmou que, caso a proposta seja aprovada, ela irá agravar a situação que já é tensa nas prisões do país, que tem problemas como superlotação e condições precárias de vida, que podem ser comparadas com tratamento cruel, desumano e degradante.

O relator, que fez uma visita de trabalho ao Brasil em 2015, opinou que muitos centros de detenção juvenis do país sofrem com o excesso de internos e carecem de programas de reabilitação, de lazer e socioeducativos.

AS INFORMAÇÕES SÃO DA AGÊNCIA EFE
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 

N° de visitas

relogio

Facebook

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB