ANB ONLINE: CRÍTICA MUSICAL






Ótima iniciativa musical em Paço do Lumiar


Natan Castro

Crítico de música de ANB Online



Teve início na última quinta-feira (26) no bairro Maiobão, município de Paço do Lumiar, o projeto Retrô Mix 80. Uma promoção da choperia Mix localizada naquela comunidade. A banda Torre de Papel iniciou os trabalhos da noite apresentando covers de grandes nomes da boa MPB como Tim Maia e Jorge Mautner.

Torre de Papel tem sua formação em forma de trio e logo de inicio algo nos chamou atenção na banda: a pegada ao violão do vocalista Luciano, com uma técnica vocal que nos remete aos vocais largados da época de ouro do Samba-Rock. O músico ainda se sobressaiu com boas improvisações ao violão em diversos momentos do show. Os músicos da Torre de Papel ainda tocaram músicas suas, dentre elas ‘’Boy Cristão’’, uma música com grande possibilidade de se tornar hit entre a galera.


Os caras da banda Torre de Papel: qualidade e engajamento musical




Logo após subiu ao palco a banda SL4, capitaneada pelo vocalista Lukas Pop. SL4 demonstrou no palco muita energia e carisma, passeando pelo cancioneiro pop da década de 80 com sucessos de bandas nacionais e internacionais que vão de Roupa Nova a George Michael. O entrosamento da SL4 no palco é algo a se ressaltar em sua apresentação. A banda sem dúvidas trilha um caminho para chegar a ser uma das principais bandas de Flashback do Estado.




Desta forma Torre de papel e SL4 merecem todos os nossos elogios por propor boa música a uma cena tão sedenta por iniciativas culturais. O projeto Retrô Mix 80 desponta na minha opinião como uma das mais interessantes se não a mais genuína tentativa de apresentar novas bandas e artistas ao cenário musical de São Luís e cidades vizinhas.




Com ótima sonorização e iluminação adequada, a choperia Mix ainda apresenta um bom serviço de bar e higiene sanitária. Acontecendo às quintas feiras, o projeto Retrô Mix 80 é sem dúvidas uma boa pedida para quem gosta de música ao vivo com ótimas expectativas musicais.




Letras e canções da MPU ribamarense



Leia na íntegra a letra inédita da canção Samba da Providência de autoria do cantor e compositor ribamarense Fernando Atallaia




Samba da Providência (Fernando Atallaia)





Chega de pedir licença chega de olhar pro teto

Chega de aceitar a crença

De que um dia tudo vai dar certo





Chega de pedir perdão pra esse que te esbofeteia

Chega de implorar irmão nessa casa tem uma cadeia

Chega de querer amor essa mulher não te aceita

Chega de esquecer a dor vê se inventa outra receita






Pro teu coração uma gota de orvalho

Na solidão das manhãs procura teu camarada

Há uma luz que rejeita o sol os dias a teu lado

Há um céu que rende tua pobre profissão





Vai então

E se acende um cigarro o fogo falha a chuva cai a casa desaba





Chega de pedir licença chega de olhar pro teto

Chega de aceitar a crença

De que um dia tudo vai dar certo








Candidatura de Fernando Júnior cresce em São José de Ribamar e todo Estado




Candidato pelo PC do B do município, Fernando Júnior tem adesão de centenas de lideranças ribamarenses além do apoio declarado de nomes como Flávio Dino, José Reinaldo Tavares e Rubens Júnior




Por Fernando Atallaia

Da Agência Baluarte






O candidato a vereador Fernando Júnior (PC do B) vem nas últimas semanas gozando da adesão de centenas de lideranças comunitárias de São José de Ribamar e de nomes expressivos da conjuntura política estadual, a exemplo de Talita Laci(candidata a prefeita em Raposa)e do deputado estadual Rubens Júnior do bloco oposicionista da Assembleia Legislativa.



Fernando Júnior com Talita Laci: amizade e parceria declaradas




Pertencente a uma geração que pensa o fazer político a partir da participação popular e do advento da conscientização coletiva, Júnior tem enfrentado uma maratona de visitas e encontros por bairros e localidades do município. ‘’ É muito bom saber que estamos no caminho certo compactuando dos mesmos ideais da população de São José de Ribamar rumo a um projeto arrojado voltado para o desenvolvimento da cidade’’, afirmou o comunista em conversa com o Blog da Agência de Notícias Baluarte.



Amigos de longas datas: presidente da Embratur já tem seu candidato a vereador em São José de Ribamar



Entusiasta confesso da candidatura de Fernando Júnior à Câmara Municipal da cidade balneária, o presidente da Embratur Flávio Dino também já declarou apoio ao líder em muitas ocasiões,  fazendo deferência à campanha do jovem empresário. Na mesma sintonia seguem fortalecendo a campanha de Júnior, Marcelo Tavares e o ex-governador José Reinaldo Tavares. ‘’Pretendemos agradecer aos apoios recebidos através do trabalho que faremos se eleitos formos em prol da população ribamarense que é a única responsável de fato pelo projeto de nossa candidatura’’, disse Fernando.


Ribamar ganha Fábrica de Beneficiamento de Polpa de Frutas
Fruto de uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura, unidade dispõe de equipamentos modernos e irá estimular o aumento da produção e renda de pequenos agricultores ribamarenses.


Em solenidade realizada nesta última sexta-feira (27), os moradores do município de São José de Ribamar receberam mais um importante benefício. Trata-se da Fábrica de Beneficiamento de Polpa de Frutas, localizada no pólo agrícola de Itapari.
Fruto de uma parceria entre a Prefeitura ribamarense e o Governo do Estado, a Fábrica dispõe de equipamentos modernos que serão utilizados pelos produtores rurais no processo de beneficiação e higienização dos alimentos, agregando-lhes valor e tornando-os mais atrativos ao mercado consumidor.




Fernando Fialho, Luís Fernando Silva e Rodrigo Valente: dissertando sobre frutas



A cerimônia de inauguração contou com as presenças do ex-prefeito e atual secretário chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva; do secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), Fernando Fialho; do secretário municipal de Administração, Planejamento e Finanças de São José de Ribamar, Rodrigo Valente; e de demais autoridades estaduais e locais. Junto às lideranças comunitárias e aos moradores da região, os secretários abriram as portas da fábrica.

 
“São José de Ribamar é o exemplo que quero levar para todo o Maranhão. O comprometimento é uma marca de governo desse município que vem desenvolvendo inúmeros projetos no sentido de dar oportunidade ao crescimento da agricultura familiar, incentivando a produção de alimentos dos pequenos produtores”, afirmou Fernando Fialho.




Em visita ao município em maio deste ano, Fernando Fialho já havia demonstrado a intenção de levar a experiência exitosa de São José de Ribamar para as cidades do interior.

 
O presidente da Associação de Pequenos Produtores Rurais do Itapari e Panaquatira, José Ribamar Caldas Silva, e o presidente da associação do pólo agrícola de Bom Jardim, Josemar Souza, agradeceram em nome de toda a comunidade. “Graças às ações de incentivo da Prefeitura, temos a oportunidade de melhorar nossa qualidade de vida com o aumento da produção e renda dos agricultores”, completaram.





“Do Governo do Estado pode-se ver que a administração municipal não parou em nenhum momento e vem realizando diversos programas e projetos de estímulo aos agricultores e pescadores. Somado a uma gestão competente, isso faz de São José de Ribamar referência nacional no que diz respeito às políticas de incentivo á agricultura familiar”, afirmou Luis Fernando.

 
Entre os principais programas e projetos de estímulo à produção da agricultura familiar e da pesca, implantados pela Prefeitura, destacam-se: municipalização da assistência técnica agronômica e veterinária; capacitação de agricultores familiares e pescadores; facilitação do acesso ao crédito (os técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento elaboram gratuitamente os projetos de financiamento para os agricultores familiares e pescadores); infra-estrutura viária, de energia e de irrigação; distribuição de sementes; apoio à comercialização e aquisição direta, pela Prefeitura, de produtos para a merenda escolar e assistência social; dentre outros.


 


Veja e acompanhe a agenda dos candidatos a prefeito de São José de Ribamar




Agenda de campanha do prefeito e candidato a reeleição, Gil Cutrim 15, para esta terça-feira (31)


Manhã: a partir das 9h, caminhada pelas ruas do bairro Vila São Luís.

Noite: a partir das 19h, reunião com moradores da Vila Tamer.





Agenda de campanha do candidato Arnaldo Colaço(PSB) para esta terça-feira(31)


Não informada.



Agenda do candidato Júlio Filho(PC do B) para esta terça-feira(31)


Não informada.

 








Aposentadoria do Brasil pode sofrer mudanças






Parlamentares e sindicalistas devem iniciar nesta quarta-feira pressões para que o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, coloque em votação projeto que muda a aposentadoria.




A proposta extingue o fator previdenciário –índice que reduz o benefício por tempo de contribuição de quem se aposenta cedo.




A fórmula foi criada para estimular o adiamento do benefício, mas, na prática, isso não ocorreu. Os trabalhadores continuaram a se aposentar cedo, com valor menor, e optaram por continuar na ativa após receber o benefício.




Além disso, há um agravante: em razão do fator, é impossível para o trabalhador programar sua aposentadoria. O índice muda –para pior– todos os anos, com a evolução da expectativa de sobrevida da população.




Hoje, um homem com 60 anos de idade e 35 anos de contribuição tem fator 0,8668 (veja quadro). Porém um trabalhador com 55 anos de idade e 30 de contribuição não terá esse mesmo índice em cinco anos. O fator será menor –porque a expectativa de sobrevida da população tende a aumentar–, e seu impacto na aposentadoria, maior.





FÓRMULA 85/95





A pressão pelo fim do fator aumentou há cinco anos. O Congresso chegou a aprovar sua extinção, mas o então presidente Lula vetou a proposta em 2010 por não haver um substituto para o índice.




Agora as discussões voltam-se para o chamado fator 85/95, que já foi discutido anteriormente, mas acabou descartado. Como o governo não aceita o fim puro e simples do fator atual, a fórmula voltou a ser cogitada.




A proposta é simples: aposentadoria integral quando a soma da idade do segurado com seu tempo de contribuição for 85, para mulheres, e 95, para homens. O tempo mínimo de contribuição (30 anos, para mulheres, e 35, para homens) seria mantido.





A mudança valeria só para os trabalhadores da ativa (veja exemplos no quadro).





O problema é que o governo, que já deveria ter apresentado uma contraproposta mais próxima do que considera viável do ponto de vista orçamentário, não conseguiu finalizar o texto até agora.





Além disso, o Ministério da Previdência já fala que medidas provisórias podem emperrar as votações e levar a discussão para setembro.





O relator do fator 85/95, deputado Ademir Camilo (PSD-MG), entretanto, afirma que Marco Maia será cobrado para manter o acordo de votação até o dia 10 de agosto.





“Temos acordo com as lideranças. Se o governo não apresentar um novo texto, pode fazer ajustes no nosso.”





A CUT e a Força Sindical também prometem pressionar pela votação.