Flávio Dino nomeia aliado barrado pela Ficha Limpa na pasta de Ratu Jerry

O governador Flávio Dino (PCdoB) deu um verdadeiro presente de grego ao seu braço direito, Márcio Jerry. Abrigou na Secretaria de Articulação Política e Assuntos Federativos, comandada pelo melhor amigo, um aliado que há três anos foi barrado pela Lei da Ficha Limpa. Trata-se de Érico Fabiano Diniz de Carvalho, que coordenou a campanha vitoriosa do comunista na Baixada Maranhense e em menos de sete meses assume o segundo cargo no “governo da mudança”.
Érico Carvalho foi barrado pela Ficha Limpa em 2012
ELE É CARINHOSAMENTE CHAMADO DE 'FICHA' Érico Carvalho foi barrado pela Lei da Ficha Limpa em 2012
Candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa em 2010, Érico Fabiano, que vem a ser filho do ex-prefeito de Cururupu e ex-deputado estadual Wilson Carvalho, teve as contas de campanha reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Por isso, foi um dos 50 pré-candidatos impedido de disputar o pleito municipal de 2012.
No começo da gestão de Flávio Dino, Érico Fabiano foi nomeado secretário-adjunto de Turismo. Mesmo não sendo o titular, exercia forte influência na secretaria chefiada pela turismóloga e ex-gestora da Embratur Delma Andrade, apontada como pivô de sucessivos atritos com subordinados e acusada de manter na pasta uma servidora fantasma, residente em Brasília.

Nomeação do aliado ficha suja foi publicada no último dia 20 no Diário Oficial do Estado
Nomeação do aliado ficha suja foi publicada no último dia 20 no Diário Oficial do Estado
Não se sabe o motivo da exoneração de Érico Fabiano da Setur. Não é possível afirmar nem mesmo se a demissão foi causada por algum desentendimento com a polêmica secretária Delma Andrade.

Mas a decisão de Flávio Dino de acomodar o aliado ficha suja na pasta comandada por Márcio Jerry faz todo sentido. Talvez tenha sido porque o líder comunista sabe que seu fiel escudeiro é capaz de fazer qualquer sacrifício em nome do poder.
As informações são do Blog DM
Edição da Agência Baluarte

Deputado Zé Inácio prestigia 12° Congresso da CUT

O deputado Zé Inácio (PT) participou do 12 ° Congresso Estadual da CUT. A 12ª edição da CECUT – Congresso Estadual da Central Única dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Maranhão, realizado no Auditório da FETAEMA – Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Maranhão.
O evento teve como objetivo uma ampla discussão sobre a Educação, Trabalho e Democracia, temas com a finalidade de serem aprovadas resoluções que contemplem um Plano de Ação para a intervenção da CUT e suas instâncias na conjuntura política, econômica e social do Estado e do País para os próximos 4 anos.
Deputado Zé Inácio fala do fortalecimento das Centrais Sindicais.
O parlamentar ressaltou a importância da união das Centrais Sindicais para o fortalecimento dos trabalhadores
O parlamentar ressaltou a importância da união das Centrais Sindicais para o fortalecimento dos trabalhadores. “Hoje aqui temos representações de várias centrais, demonstrando que a união ainda é a melhor estratégia para desencadear essa guerra declarada contra o trabalhador”, declarou Zé Inácio.
O congresso deliberou, entre outros assuntos, a Conjuntura internacional, nacional e estadual; Balanço, Estratégia, Estatuto, Plano de lutas, Moções, Eleição de delegados (as) ao 12º CONCUT; ELEIÇÃO DA DIREÇÃO da CUT-MA e Conselho Fiscal para o quadriênio 2015-2019.
Matéria enviada pela Assessoria de Imprensa do Deputado

Protesto bloqueia os dois sentidos da BR 135 em Peris de Baixo

O motivo do protesto seria a lentidão nos serviços de duplicação da rodovia

Manifestantes bloqueiam um trecho do Km 43 da BR 135, em Peris de Baixo, desde o início da tarde desta quarta-feira.
VTV / Santa Rita
Os manifestantes dizem que só sairão do local com a presença do Dnit e da imprensa
"O que se percebe é uma soma de motivações. A principal de acordo com a pauta é que os donos de caçambas não tiveram os veículos recontratados na volta das obras de duplicação e ficaram sem emprego. Tem outras reivindicações e que estão sendo feitas por outros grupos, mas ainda não se pode confirmar", afirmou o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Antônio Noberto.
Os manifestantes dizem que só sairão do local com a presença do Dnit e da imprensa.
As informações são de O Imparcial
Fisiculturista morre de câncer após dieta cheia de proteína

Até onde vai o desejo pelo corpo perfeito? A  questão é polêmica e muitos alegam que fazem isso por esporte ou como atividade profissional. Claro que uma alimentação saudável garante boa saúde e mantêm o corpo em forma, mas o bem estar não pode ser submisso à dietas e exercícios sem acompanhamento médico.

Image title
O personal trainer Deam Wharmby, de 39 anos, passou 20 anos da sua vida como fisiculturista e fez uso de anabolizantes
O personal trainer Deam Wharmby, de 39 anos, passou 20 anos da sua vida como fisiculturista e fez uso de anabolizantes. Quando se tornou personal largou os incrementos para aumentar os músculos. Porém, resolveu fazer uma dieta de 10 mil calorias ao dia com direito a comer hambúrgueres, pizzas, bacon e as  bebidas energéticas que provocou sua morte, como ele mesmo admite.

O resultado? Deam acabou contraindo um câncer no fígado no ano de 2010. O ex-fisiculturista, que veio a óbito no início da semana, afirmou que morreu vítima da má alimentação.

Image title
''Achoque foi uma combinação de tudo"

"Foi porque eu estava tentando ficar o maior que pudesse. Não temos como ter certeza, mas coisas como energéticos são fatores que devem ter contribuído. A carne vermelha também. Achoque foi uma combinação de tudo", disse antes de morrer.

Do Meio Norte com informações da Record

Condenado por má aplicação de recursos públicos, o ex-prefeito de Buriticupu, Antônio Gildan Medeiros teve à suspensão dos seus direitos políticos por oito anos e está proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de cinco anos. A Justiça determinou ainda o pagamento de multa civil no valor de 10 mil reais.
Antônio Gildean Medeiros, ex-prefeito de Buriticupu
Antônio Gildan Medeiros, ex-prefeito de Buriticupu: suspensão dos seus direitos políticos por oito anos e está proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de cinco anos. A Justiça determinou ainda o pagamento de multa civil no valor de 10 mil reais

A condenação do ex-prefeito deu-se a partir de ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), à Justiça Federal. Segundo a ação, Antônio Medeiros não aplicou corretamente as verbas federais repassadas pelo Ministério da Integração Nacional, que deveriam ser investidas na construção de galerias de drenagem de águas pluviais do município.
Além dessas acusações, o Tribunal de Contas da União já havia condenado o ex-gestor a devolver aos cofres do Tesouro Nacional a quantia de mais de 64 mil reais, referentes aos recursos públicos mal utilizados.
Prefeita de Açailândia, Gleide Santos é afastada do cargo
Foi afastada do cargo na noite desta terça-feira (21), a prefeita de Açailândia, Gleide Lima Santos (PMDB). Os vereadores cassaram o mandato da prefeita em sessão extraordinária ontem a noite na câmara municipal. 
Resultado de imagem para gleide santos
Gleide teve a 'cassação tatuada' pela Câmara de Açailândia na noite desta terça-feira

Eleita prefeita de Açailândia nas eleições de 2012 com 51,80% dos votos, Gleide Santos chegou a ser afastada do município por crime de Improbidade Administrativa. Porem após recorrer ao STF conseguiu retornar ao cargo graças a uma liminar. 

Uma comissão foi criada para apurar as supostas irregularidades cometidas pela administração de Gleide Santos. Com a cassação na noite de ontem (21) o vice-prefeito Juscelino Oliveira deverá ser empossado no cargo nas próximas horas.

Quilombolas reocupam território tomado por fazendeiros em Minas Gerais

Projeto de irrigação gerou perda de território das comunidades tradicionais.
Por Wallace Oliveira
De Belo Horizonte (MG)
165 famílias da Comunidade Quilombola de Praia e dos Vazanteiros em Movimento ocuparam a Fazenda Vila Bela no município de Matias Cardoso, norte de Minas Gerais. O objetivo da ação foi reaver o território, no qual viviam as famílias há décadas, e protestar contra a degradação ambiental praticada no local.
Os Quilombolas de Praia formam uma comunidade com 60 famílias, que obtiveram a certidão da Fundação Palmares em 2005, os reconhecendo oficialmente como quilombolas
“Essa área é muito grande e uma parte foi abandonada. Os empresários não têm mais empreendimentos lá, a fazenda foi arrendada e os empregados demitidos”, explica Zilah Matos, agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT) no Norte de Minas. A fazenda ocupada estava sob arrendamento do fazendeiro João Evangelista Dourado.
Terras perdidas
Os Quilombolas de Praia formam uma comunidade com 60 famílias, que obtiveram a certidão da Fundação Palmares em 2005, os reconhecendo oficialmente como quilombolas. Já os Vazanteiros em Movimento são uma articulação de comunidades que vivem em Manga e Matias Cardoso. O termo é empregado para se referir à comunidades tradicionais que habitam e trabalham em margens de rios, em especial, o São Francisco.