CULTURA DO MARANHÃO EM LUTO: MORRE TIÃO DA FAVELA

Tião era um dos grandes nomes do Carnaval e do São João maranhenses
Morte do compositor comoveu artistas, público, amigos e entusiastas da cultura do estado. 

POR FERNANDO ATALLAIA
DIRETO DA REDAÇÃO

O compositor, folclorista, militante cultural e intérprete Tião Silva, o Tião da Favela, grande expoente do Carnaval e do São João do Maranhão faleceu na manhã deste sábado, 21, em São Luís, vítima de complicações de uma diabetes. Ele estava internado na UPA da Cidade Operária e  era irmão do saudoso compositor Luís Henrique Pinheiro, o Escrete.



Intérprete das escolas de samba Favela do Samba e  Acadêmicos da Túnel do Sacavém, Tião  participava da vida cultural do estado em tempo real. Nas redes sociais, artistas e produtores culturais lamentaram a morte do compositor que era conhecido pela alegria e espontaneidade no trato com os colegas.



A radialista Helena Leite, uma das amigas de Tião, em tom de denúncia lamentou a perda de da Favela e aproveitou para criticar a politica cultural implantada no  estado do Maranhão.


O compositor e intérprete Tião da Favela deixará uma lacuna irreparável na cultura popular do Maranhão.

''Morrem os nossos folcloristas por falta de tratamento. E assim todos nós vamos entrando nessa fila vergonhosa dos maus tratos.  Até quando Maranhão, os teus filhos morrerão sem tratamento?'', indagou Helena, lembrando que o artista vinha travando uma luta nas últimas semanas contra uma erisipela agravada pela diabetes.

A Acadêmicos da Túnel do Sacavém, escola onde Tião foi presença marcante durante anos e um dos fundadores, soltou nota onde destaca o legado deixado pelo compositor.

"A Escola de Samba Túnel do Sacavém lamenta profundamente o falecimento de Tião(da Favela),  fundador, diretor e intérprete. Homem íntegro, apaixonado pela cultura popular, especialmente o Carnaval e que deixa um legado  imortalizado em muitos poemas e composições. A Escola Túnel do Sacavém chora de saudade daquele que desde a fundação, sempre dedicou um trabalho árduo, contribuindo com o nosso crescimento e vitórias! Que Deus conforte seus familiares.  Ficaremos em oração, desejando-lhe uma passagem de muita paz'', agradeceu a Acadêmicos, em último adeus. 



Já a responsável pelo pseudônimo artístico adotado pelo folclorista durante a militância e onde o intérprete viu a carreira musical ascender ainda na década de 1990, se referiu a Tião como 'grande baluarte da cultura popular'. 



''É com imensa tristeza que recebemos a notícia do falecimento de Tião da Favela! Um grande baluarte da Cultura Popular, amante do Samba e do Carnaval, sobretudo o de Passarela, onde dedicou parte de sua trajetória. Tião dedicou parte da sua vida à nossa amada Favela do Samba, de 1981 a 1997, nome este que carrega mesmo pela sua passagem em outras escolas, para nós uma grande perda, mas de herança deixa um grande legado! Sua história ficará registrada nos anais da nossa escola! Hoje em sua homenagem faremos um samba de choro, pois é mais um negro que se vai! Feliz passagem'', diz a nota assinada pela diretoria da Favela do Samba.
São José de Ribamar ganha reforma da Cozinha Escola e implanta ‘Juventude na Praça’
 
Este fim de semana foi marcado por muito trabalho em São José de Ribamar. No outeiro, logo na manhã de sábado (21), começaram os serviços de reforma da Cozinha Escola e na Praça da Juventude, no Jardim Araçagi, várias ações nas áreas da cultura, esporte, lazer, saúde e assistência social se estenderam durante todo o dia na primeira edição do “Juventude na Praça”. O projeto é coordenado pela Secretaria da Juventude, em parceria com as demais secretarias envolvidas.

Como já é praxe na sua vida pública, em todos os cargos que exerceu, Luis Fernando Silva (PSDB) assinou a ordem de serviço da reforma da Cozinha Escola já com a empresa trabalhando na obra. Ele lembrou que no dia seguinte à posse esteve no prédio vistoriando os serviços e se deparou com desagradáveis surpresas: “O restaurante não estava funcionando. Com esgoto entupido, não se fazia diferença de água potável e fezes escorrendo. Não só o fogão, mas todos os utensílios estavam comidos por ferrugem e cupins”.

Prefeito Luis Fernando assinou a ordem de serviço da reforma da Cozinha Escola
ORDEM DE SERVIÇO ASSINADA E COM EMPRESA JÁ TRABALHANDO São José de Ribamar ganha reforma da Cozinha Escola e implanta ‘Juventude na Praça’
Acompanhado de secretários, de alguns vereadores e de uma equipe de filmagem que registrou toda a destruição encontrada, o prefeito tucano determinou a imediata reforma do restaurante. Inaugurado em 2009, período em que ele era prefeito do município, a Cozinha Escola foi um projeto que chegou a ser reconhecido como modelo para o país, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

“São várias políticas públicas envolvidas. Garante alimentação para famílias carentes, indicadas pelos CRAS, contempla a capacitação profissional, além de beneficiar mais duas categorias de grande importância: os agricultores e pescadores artesanais, que fornecem diretamente os alimentos in natura para que as refeições”, disse o prefeito, que acrescentou que na sua época os referidos produtores “recebiam em dia e mais uma vez terão de volta a regularidade nos pagamentos pelos produtos fornecidos”.

Orçada em R$ 56.771,86 a obra iniciada consiste na recuperação ou reforma das instalações elétrica, hidráulica e sanitária, esquadrias, revestimento de piso e paredes, cobertura, pintura e proteção contra incêndio e pânico. Em 30 dias, uma nova cozinha escola será entregue à população, com uma alimentação de qualidade e com capacitação eficiente em benefício da mão de obra gastronômica ribamarense.

Juventude na Praça

Após assinar a ordem de serviço na Cozinha Escola, acompanhado do vice-prefeito Eudes Sampaio (PTB), de vereadores e secretários, o prefeito Luis Fernando visitou as ações do projeto “Juventude na Praça”, desenvolvido no Jardim Araçagi. Além de ações de limpeza e restauração da iluminação pública na praça, a comunidade da região foi contemplada por várias ações culturais, de esporte e de lazer durante todo o sábado. Distribuição de mudas de árvores frutíferas, campanha de conscientização para a prevenção das DST’s e prática de grafitagem foram algumas das atividades do dia.

A Secretaria Municipal de Saúde apoiou o evento com atividades inerentes à vigilância epidemiológica envolvendo distribuição de preservativos, panfletagem com distribuição de folder da dengue, Zika vírus e chikungunya; visita dos agentes de combate às endemias; vacinação antirrábica e atualização da caderneta de vacina, ofertando à comunidade as vacinas antitetânicas, contra hepatite B, Febre Amarela e HPV. A ação também contou com o trabalho de enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias e técnicos da vigilância.

“Essa já está sendo a dinâmica da nova administração: muito trabalho durante todos os dias da semana. Além da importância dos serviços oferecidos, a presença do governo nas comunidades é uma forma de aproximar ainda mais o cidadão do poder público”, arrematou o vice-prefeito Eudes Sampaio.

Cármen Lúcia estuda liberar delações da Odebrecht que estavam com Teori 

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, estuda a possibilidade de homologar as 77 delações premiadas de executivos da Odebrecht que envolvem políticos com foro privilegiado. A homologação, que dá autorização para a Justiça, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal executarem os depoimentos nas investigações da Lava Jato estava nas mãos do ministro Teori Zavascki, morto na última quinta-feira (19) na queda de um avião, em Paraty. 

 

Resultado de imagem para CARMEN LUCIA  JORNAL DO BRASIL
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, estuda a possibilidade de homologar as 77 delações premiadas de executivos da Odebrecht que envolvem políticos com foro privilegiado.
Cármen Lúcia tem duas opções viáveis nos próximos dias: a primeira é ela mesma liberar as delações para a Lava Jato. Neste caso, conforme determina o regimento interno do STF, a ministra deveria homologar os depoimentos até o dia 31 de janeiro, último dia de recesso da Corte Suprema. A outra medida é esperar o fim do recesso e fazer a distribuição da relatoria da Lava Jato entre os ministros. A chance maior é que as delações fiquem nas mãos de algum ministro que integra a Segunda Turma do Supremo, a qual pertencia Teori Zavascki. Na Segunda Turma estão os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski. Na Primeira Turma estão Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio, Luiz Fux, Rosa Weber e Edson Fachin. A presidente da Corte, Cármen Lúcia, não integra as turmas.

Neste sábado (21), o presidente Michel Temer, na tentativa de afastar as especulações sobre uma eventual interferência do governo na Lava Jato, afirmou que só vai nomear o ministro que substituirá Teori Zavascki no STF após a escolha interna do relator das delações da Odebrecht. "Só depois que houver a indicação do relator", disse Temer, durante o velório de Teori, em Porto Alegre. 

Para chegar à Corte, o substituto de Teori deverá passar por sabatina na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) do Senado e ter o nome aprovado pelo plenário da Casa. Após esse procedimento, ele é nomeado pelo presidente da República. Além de ser a cúpula do poder Executivo, o PMDB é o partido com mais representação no Senado, com quase 25% das 81 cadeiras da Casa. Ao lado do PSDB, que tem 12 cadeiras no Senado, o PMDB de Temer é um dos partidos mais citados na Lava Jato e nas delações de executivos da Odebrecht no esquema de propinas dentro da Petrobras.

Resultado de imagem para michel temer

Para evitar especulações sobre interferências na Lava Jato, Temer vai nomear novo ministro após relator.